Segunda-feira, dia 10 de dezembro de 2007, atualizada às 15h24

Cães perigosos vão ser cadastrados nos centros regionais para agilizar e aumentar número de cadastros. Até agora, 311 cães foram cadastrados em Juiz de Fora


Priscila Magalhães
Repórter

O Corpo de Bombeiros e a Secretaria dos Centros Regionais firmaram uma parceria para cadastrar os cães das raças pit bull, dobermann, rottweiler e outras consideradas ferozes.

A medida tem a intenção de aumentar o número de animais cadastrados. "Com esta parceria vamos facilitar o acesso das pessoas, pois, até o momento, os cadastros eram feitos somente pela internet. Agora, vamos ter os formulários impressos e disponíveis para a população", diz o assessor do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros, capitão Marcos Santiago.

O cadastramento dos cães começou em setembro e, até agora, 311 animais foram registrados. "Apesar de não sabermos o número estimado de cães ferozes existentes na cidade, sabemos que o número de registros feitos até agora é muito pequeno. Queremos proporcionar mais segurança para a comunidade", explica o capitão. Segundo ele, 105 animais soltos pelas ruas foram recolhidos. Deste total, 90% eram cães e a maioria pit bulls.

Onde você pode cadastrar o cão:

Para fazer o cadastro dos cães, é necessário procurar o Corpo de Bombeiros ou os Centros Regionais. Eles estão localizados nos seguintes endereços:
  • Centro Regional Centro: Avenida Independência, 992.
  • Centro Regional Sul: Rua Porto das Flores 270, Bairro Santa Luzia.
  • Centro Regional Oeste: Avenida Presidente Costa e Silva 2.184, Bairro Santana/São Pedro.
  • Centro Regional Norte: Avenida Juscelino Kubitschek 4.011, Terminal Romeu Vianna, Bairro Santa Lúcia.
  • Centro Regional Nordeste: Avenida Juiz de Fora 92, Bairro Grama.
  • Centro Regional Sudeste: Rua Osório de Almeida 999, Bairro Poço Rico.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.