Quinta-feira, 10 de janeiro de 2008, atualizada às 18h53

Após reivindicação, funcionários do Demlurb têm alguns pedidos atendidos


Priscila Magalhães
Repórter

Funcionários do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) reivindicaram, na última sexta-feira, 04 de dezembro, melhores condições de trabalho. Entre os pedidos estavam mais segurança durante a jornada, já que alguns caminhões apresentavam problemas.

Alguns caminhões seriam muito velhos, uns não ofereceriam segurança na coleta e outros ainda não tinham pneus em bom estado.

O diretor-geral do Demlurb, Osman Magno Lima, classificou o movimento dos funcionários como uma paralisação de reivindicação e não como protesto. "Foi uma coisa rápida, de 30 minutos. Eles queriam melhorias nas condições de trabalho, nós conversamos e tudo foi resolvido", afirma.

Segundo ele, cinco caminhões estavam com os pneus em más condições. "Quando o caminhão não tem condição de circular, o motorista pode se recusar a sair. Ele se recusou e os pneus foram substituídos". Sobre os caminhões antigos, o diretor-geral disse que alguns têm mais de dez anos de uso e precisam de revisão, mas "o que acontece é que no fim do ano, a quantidade de lixo dobra, os caminhões ficam mais sacrificados e temos um gasto maior", explica.

Caminhões novos

No dia seguinte à paralisação, a prefeitura anunciou que sete caminhões do tipo compactador seriam entregues dentro de 20 dias. Osman diz que estes novos veículos vão contribuir para renovar a frota. "Eles vão substituir os veículos mais velhos".

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.