Órgãos de segurança pública preparam Operação Carnaval Ação conjunta de várias polícias visa garantir a segurança
nas estradas e durante as festas de Momo


Guilherme Arêas
Repórter
19/2/2009

Diversos órgãos públicos ligados à segurança viária em Juiz de Fora vão participar de uma ação conjunta, que ocorre em todo o Estado de Minas Gerais, para o período do Carnaval. A proposta é que sejam realizadas ações de prevenção, socorro e policiamento até às 18h da quarta-feira de Cinzas, dia 25 de fevereiro.

No próximo dia 21 de fevereiro, sábado de Carnaval, ocorre uma blitz educativa, às 9h, simultaneamente em Juiz de Fora, Governador Valadares, Varginha, Uberlândia, Uberaba, Montes Claros, Poços de Caldas, Belo Horizonte, Araxá e Divinópolis.

Em todo o Estado, durante as operações policiais e nos locais mais movimentados, serão distribuídos 1,4 milhão de leques com informações de saúde e segurança, além de dicas para prevenção de acidentes no trânsito, segurança pessoal e patrimonial.

Nas principais estradas estaduais e federais serão colocadas placas para lembrar os motoristas das ações de policiamento preventivo e ostensivo da Polícia Militar. Em todo o Estado, 182 bafômetros e 18 radares móveis serão usados durante o feriado.

PRF utiliza tecnologia na fiscalização

A Polícia Rodoviária Federal de Juiz de Fora lança na sexta-feira, dia 20, a Operação Carnaval 2009. De acordo com o inspetor Walace Wischansky, todo o aparato de fiscalização será utilizado na operação, que termina na quarta-feira de Cinzas.

"Vamos utilizar equipamentos que medem desde o excesso de velocidade até a identificação de uso de bebida alcoólica", garante. O PDA (sigla para personal digital assistant) também fará parte dos equipamentos de fiscalização durante o Carnaval. O aparelho é um microcomputador de mão que permite conexão com outros computadores ou redes de informática sem fios.

Com ele é possível consultar bancos de dados da segurança pública. Com o número do RG do condutor, será verificado se ele é foragido da Justiça. Com a placa e o número do documento do veículo será possível saber se há registro de furto ou roubo e se o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) está em dia.

O balanço da Operação Carnaval 2008 nas estradas federais que cortam a região apresentou altos índices de acidentes. Foram 43 ocorrências, com 44 feridos e cinco mortos. A maioria deles aconteceu na BR-040.

É nesta rodovia que a PRF orienta para que os motoristas tenham mais cuidado, principalmente nos trechos entre Juiz de Fora e Cristiano Ottoni. "É um trecho sinuoso e apresenta um alto número de acidentes", alerta o inspetor.

A BR-267, entre o km 27, em Argirita, e o km 47, em Maripá, continua interditada após um buraco de 150 metros se abrir no meio do asfalto, em janeiro. Os motoristas têm duas opções de desvio. Uma é sair de Juiz de Fora, passando por Goianá, Rio Novo, Cataguases até Leopoldina, percurso 50 quilômetros maior. O segundo é sair de Juiz de Fora em direção a Três Rios, passando por Além Paraíba até Leopoldina, o que aumenta o percurso em cem quilômetros.

PRE espera reduzir registro de acidentes

A Polícia Rodoviária Estadual também lança nesta sexta, dia 20 de fevereiro, sua Operação Carnaval nas estradas de Minas. A ação é comandada pela 4ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário, responsável pelo Policiamento de quase dois mil quilômetros de malha viária das rodovias estaduais da região, correspondentes a 86 municípios da Zona da Mata.

De acordo com a PRE, o número de acidentes nas estradas estaduais vem diminuindo desde 2005, ano com 40 acidentes no Carnaval. Em 2008, foram registrados 19, com uma vítima fatal. A MGT-265 foi a campeã em acidentes, com seis casos.

Os motoristas que forem pegar as estradas estaduais devem tomar cuidado com a conservação das vias. A MG-353 está interdita no trecho entre Juiz de Fora e Rio Preto. O desvio pode ser feito pela cidade de Valença, no Estado do Rio.

Para informar ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER) sobre ocorrências nas vias, os motoristas podem ligar para o número 118 (na região metropolitana de Belo Horizonte) ou para o 0800-285-1517, para quem está no interior do Estado.

Bombeiros alertam para prevenção

A sexta-feira que antecede a folia também marca o início da Operação Carnaval do Corpo de Bombeiros. O órgão vai utilizar todo o seu efetivo em ações de proteção contra incêndios, acidentes automobilísticos e aquáticos.

Para o desfile das Escolas de Samba de Juiz de Fora, os bombeiros vão descentralizar as viaturas, e militares estarão dispostos próximos às arquibancadas da Passarela do Samba, na avenida Brasil.

Os desfiles começam no domingo, dia 22 de fevereiro, com as escolas do grupo especial. Na segunda-feira, dia 23, o grupo de acesso e o grupo A embalam os foliões. No dia seguinte ocorre a apuração e o desfile das escolas campeãs, às 19h.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.