Sexta-feira, 21 de outubro de 2011, atualizada às 13h50

Falta de uso do cinto de segurança gera mais de mil multas em JF

Da Redação
Trânsito em JF

Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, agentes de trânsito aplicaram um total de 1.160 multas por falta do uso do cinto de segurança por condutores e passageiros em Juiz de Fora.

Segundo dados da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), o número é quase 51% menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 2.354 condutores foram autuados pelos agentes.

Contudo, supõe-se que a infração seja mais recorrente do que a realidade apresentada pelos dados, visto que esses números não incluem as autuações emitidas por policiais militares, também habilitados a multarem nesta situação. Ainda de acordo com a Settra, o não uso do cinto de segurança é recorrente em bairros, visto que se trata de áreas onde não há atuação dos agentes de trânsito.

Entre os motivos apontados pela Settra para a queda no número de infrações estão o efeito multiplicador da multa, além de uma maior conscientização da população, ocasionada pela intensificação das campanhas e blitzen educativas, debates e propagandas em torno do assunto. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, esta é uma infração grave, que leva à perda de cinco pontos na carteira e multa de R$ 127,54.

Reforço

Para reforçar o trabalho da fiscalização de trânsito na cidade, foram convocados, no mês de setembro, mais dez agentes aprovados em concurso público. Cinco deles já se apresentaram e a Settra aguarda a chegada dos demais para iniciar o curso de capacitação dos profissionais, previsto para o início de novembro. Com a medida, passa para 78 o número de agentes em Juiz de Fora, contingente 90% maior que o do início de 2009, quando eram 41 profissionais desta classe atuando na cidade.

A Settra complementa que, além dos 78 agentes de trânsito que passarão a atuar na cidade, atualmente, cerca de 65 policiais militares são destinados a trabalhar em ações específicas deste setor. Portanto, no total, são cerca de 143 profissionais, trabalhando integralmente na fiscalização de transporte e trânsito de Juiz de Fora.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.