Quinta-feira, 15 de dezembro de 2011, atualizada às 18h05

Catador é preso em flagrante ao furtar materiais no edifício que abrigava o Castelo da Borracha

Aline Furtado
Repórter
Material

Um catator de materiais recicláveis foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira, 15 de dezembro, após furtar materiais no edifício onde funcionavam a loja e o depósito do Castelo da Borracha, incendiado, junto a outros estabelecimentos no dia 24 de outubro.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a denúncia foi efetuada pelo proprietário, que informou que algumas pessoas teriam invadido o local para furtar materiais que não foram queimados durante o incêndio.

Após a denúncia, policiais localizaram, em uma rua próxima ao local, o autor, um homem de 44 anos. Durante o flagrante, ele conduzia algumas peças furtadas em seu carrinho de material reciclável.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.