• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade

    Além Paraíba confirma três mortes devido às chuvasRio Paraíba do Sul e afluentes registraram elevação do nível da água. O acesso está comprometido devido aos alagamentos e a quedas de barreiras

    Aline Furtado*
    Repórter
    9/1/2012. Atualizada às 18h45

    A cidade de Além Paraíba está isolada devido à elevação das águas do rio Paraíba do Sul e dos seus afluentes, que subiram nas últimas horas devido às chuvas que atingem o município. Na cidade, de acordo com informações da 6ª Companhia da Polícia Militar de Leopoldina, que atende a Além Paraíba, três pessoas morreram, sendo um menino, um homem e uma mulher. O corpo da mulher estava desaparecido após ser levada pela correnteza nesta manhã. O homem morreu soterrado durante o deslizamento de um barranco. Já o menino, de 5 anos, foi arrastado pela enchente.

    O acesso à cidade está prejudicado, já que as BRs 116 e 393 encontram-se fechadas por causa dos alagamentos e de quedas de barreiras. Segundo o estudante João Victor Zoffoli, que tem familiares em Além Paraíba, alguns bairros ficaram debaixo d'água. "Embora não esteja na cidade, já que vim até Muriaé, prestar socorro a alguns amigos atingidos pela chuva, consegui contato com minha família pela internet, e fiquei sabendo que os bairros Vila Caxias, Vila Laroca e Jardim Paraíso estão inundados devido à cheia do rio Limoeiro."

    Conforme informações de Zoffoli, militares encontraram, no final desta tarde, os corpos de pai, mãe e filho, um jovem de 19 anos, que teriam sido soterrados. A informação não foi confirmada pelas autoridades. Há pessoas desaparecidas.

    Sem telefonia e sem água

    Devido aos pontos de desmoronamento e inundação, os moradores de Além Paraíba estão sem telefonia móvel e sem água. "Há vários pontos da cidade com desmoramentos de encostas, inclusive, um deles impedia o acesso ao único hospital da cidade. Mas esta área já foi desobstruída. Foi uma chuva torrencial, que teve início por volta das 14h de domingo [dia 8], tendo se intensificado na madrugada. Só tem noção da dor das pessoas quem está por perto", destaca o professor Gutemberg Lacerda, morador de Juiz de Fora, natural do município.

    Ele acrescenta que o rio Limoeiro inundou, ainda, os bairros Esplanada, Santa Rita e Terreirão. "Durante a madrugada, registramos um apagão", aponta Lacerda, que está em Além Paraíba. A partir de quinta-feira, quem tiver interesse em efetuar doações a serem destinadas às vítimas das chuvas em Além Paraíba, pode fazer diretamente com o professor, na Alameda Engenheiro Gentil Form, 50/301, bloco B, no bairro Jardim Glória. O telefone para contato para doações é (32) 8803-0854.

    *Colaborou: Clecius Campos

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.