• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Terça-feira, 29 de março de 2016, atualizada às 18h50

    Internauta flagra descarte irregular de entulho no Linhares

    foto

    Moradores reclamam do acúmulo de lixo descartado de forma irregular em um terreno do bairro Bom Jardim. Além do incômodo causado pelo mau cheiro e obstrução da calçada da rua João Henrique Villa Real, na altura do n° 1800, os entulhos e objetos servem de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. Este problema é comum na região e para minimizar a recorrência do acúmulo de resíduos em locais impróprios, o Demlurb vai lançar um projeto chamado Ecoponto, que pretende limitar um espaço para o descarte correto de entulhos de obra, madeiras, papelão e descartáveis.

    No Bom Jardim, uma moradora, que preferiu não se identificar, chegou a flagrar pessoas descartando entulho de obra na manhã desta terça-feira, 29 de março. Ela conta que no local são descartados sofá, privada, muito sapato e entulhos de obra pelos próprios moradores do entorno. Ela reclama que o lixo fica perto de ponto de ônibus e atrapalha os pedestres descerem dos coletivos. "Retorno todos os dias bem tarde da faculdade e acabo descendo no meio da rua para não ter que passar pelo lixo, que tem um cheiro muito forte. O Demlurb chegou a fazer a limpeza no início do mês, mas já jogaram lixo no local mais uma vez."

    fotoO veículo usado para o despejo de entulho tem logomarca do Marechal Shopping. A ACESSA.com entrou em contato com o setor administrativo da empresa, que disse que o carro mostrado na imagem foi um dos veículos doados para instituições filantrópicas de Juiz de Fora. Segundo o órgão, a partir do momento que a organização recebe a doação, ela passa a ser responsável por qualquer infração cometida. "Lamentamos que o carro esteja sendo usado para este fim. Agora, quem responde pelo dano é a instituição que já teve as documentações do veículo passadas para o seu nome".

    Segundo a Secretaria de Atividades Urbanas (SAU), a infração para o descarte irregular está prevista no Código de Posturas da cidade. Caso a pessoa ou instituição seja flagrada cometendo o ato, será autuada e obrigada a pagar multa, classificada como gravíssima, no valor de R$ 4.103,12. Caso os moradores façam o flagrante de pessoas utilizando um veículo para a ação, a secretaria consegue autuar o proprietário do carro, empresa ou instituição responsável. A denúncia pode ser feita nas Regionais de Fiscalização, pelo telefone 3690-7507.

    Conforme a assessoria de comunicação do Demlurb, para uma atuação pontual sobre o caso mencionado, o departamento fará uma nova limpeza no local em até 10 dias.

    Ecoponto

    Tendo em vista a recorrência do problema no bairro, o Demlurb instalará, em breve, no Linhares, a primeira unidade do Ecoponto. O espaço com o nome técnico de Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV), será um ponto de recebimento de materiais como resíduos da construção civil, madeiras, papelões e recicláveis. O objetivo é acabar ou diminuir bastante a incidência dos "bota-foras" na região, garantindo que os moradores tenham um local correto de descarte de entulhos de uma pequena obra ou reforma em casa, por exemplo.

    "Cada cidadão terá direito ao descarte diário de 1m³ de material descartado corretamente, o que representa dez sacos de lixo de cem litros. Não serão aceitos os resíduos perigosos, como lâmpadas, pilhas e baterias. A primeira unidade já está em fase final de instalação na rua Diva Garcia, na altura do número 1200, no bairro Linhares."

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.