• Assinantes
  • Cidade
    Quarta-feira, 6 de junho de 2018, atualizada às 11h28

    PC envia material genético para BH para identificar mulher encontrada morta

    Da redação

    A Polícia Civil informou nesta quarta-feira, 6 de junho, que material genético da mulher, com idade entre 30 e 40, encontrada morta no bairro Aeroporto, foi recolhido no Instituto Médico Legal (IML) e levado para Belo Horizonte para possível identificação da vítima. O reconhecimento do corpo não foi possível, já que ela estava sem documentos e seu rosto queimado. Conforme a delegada responsável pelo caso, Ione Maria Moreira, um inquérito policial foi instaurado, além disso equipe de investigadores estiveram no local dos fatos para fazer apurações.

    A mulher foi encontrada na manhã da última quinta-feira, 31 de maio, na Avenida Prefeito Mello Reis. Segundo o boletim da Polícia Militar (PM), ela estava sem roupas, com o rosto queimado e apresentava sinais de violência no pescoço. Junto dela, foi localizada uma garrafa de bebida.

    A vítima tem aproximadamente 1,70m de altura, cor branca, possui prótese de silicone e não tem tatuagem. Quem souber de alguma informação que ajude a identificá-la, pode entrar em contato com o IML pelo telefone 3229-5891, que fica na rua Professora Carolina Coelho, 56, bairro Granbery.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.