• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 12 de abril de 2019, atualizada às 12h37, atualizada às 15h21

    Jardim Botânico da UFJF abre suas portas ao público a partir das 13h

    Da redação

    A partir das 13h, desta sexta-feira, 12 de abril, o Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), localizado em meio à Mata do Krambeck, no bairro Santa Terezinha, abrirá suas portas ao público. A solenidade de abertura foi realizada pela manhã com a presença do reitor Marcus David que descerrou a placa de inauguração. No evento, estavam presentes o prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, a direção do Jardim Botânico, pró-reitores, o deputado federal Júlio Delgado, outras autoridade e convidados. A portaria de entrada fica localizada na Rua Coronel Almeida Novaes, s/n.

    Momentos antes da cerimônia, o vice-diretor Breno Moreira falou com a ACESSA.com e destacou os esforços da nova gestão, que oportunizou grande avanço nas questões de infraestrutura, e pedagógicas. "Conseguimos desenvolver um projeto de educação crítico e forte para trazer todos nossos visitantes a consciência ambiental e uma percepção de que todos os seres vivos estão interligados, demonstrando a importância que cada um de nós tem para preservar desta área e a importância que esta área tem para tornar melhor nossa qualidade de vida".

    Os discursos durante solenidade de inauguração do Jardim Botânico celebraram o dia como um marco histórico em benefício de Juiz de Fora e região, colocando em contraponto as políticas atuais no país que trazem, a todo momento, discussões contrárias à questões ambientais. "O simbolismo mais expressivo para a abertura do Jardim Botânico, no momento atual em que vivemos, não é apenas para rebater os profundos questionamentos do papel da Universidade pública, de sua relevância ou não, mas também pelo momento político em que as questões ambientais são questionadas. Neste cenário que a UFJF, de forma clara, diz estar presente na sua comunidade, que vai cumprir a missão de melhoria da população e missão de enfrentamento da crise ambiental com projetos sólidos", destacou o reitor da UFJF, Marcos David.

    Gustavo Sobrate, diretor do Jardim Botânico, destacou que a área representa a luta de muitos pela preservação ambiental, lembrando que há nove anos, quando a UFJF comprou a área, o local corria risco de se tornar um condomínio de alto padrão da cidade. Ele falou sobre o intenso trabalho realizado nos últimos 18 meses pelas equipes interdisciplinares da Universidade.

    "O Jardim foi capaz de reunir e colocar em diálogo diversos setores da Universidade, traçando uma rede complexa de parceria. Segundo fato relevante é destacar que hoje entregamos para a população um espaço em que todas as atividades são publicas e gratuitas. Assim como saúde e educação, biodiversidade é um bem comum e direito humano básico, que deve ser disponibilizado pelo estado".

    Jardim Botânico

    São 82,7 hectares de área preservada, equivalentes a 116 campos de futebol, abrangendo a área antes denominada Sítio Malícia. Outros dois sítios, Retiro Velho e Retiro Novo, compõem a Mata do Krambeck, totalizando 372,7 hectares.

    O público terá acesso livre a cerca de dez hectares que incluem trilha; roteiros de visitação; lagos com decks; galerias de arte; bromeliário e orquidário com coleções botânicas. Estudantes da UFJF estarão dispostos, em pontos específicos do Jardim, para dar orientações e informar sobre as espécies. Em visitas escolares, eles acompanharão os grupos.

    Será possível apreciar cerca de 500 espécies vegetais, entre plantas nativas, populações raras ou em extinção, como o pau-brasil e o ipê roxo. A fauna local é uma atração à parte, pois a área é rota de aves migratórias transitórias. O visitante, portanto, poderá observar espécies de diferentes regiões do país.

    Horário de visitação

    O horário usual de funcionamento será de terça a sexta-feira e aos domingos, das 8h às 17h, com entrada permitida até às 16h30.

    O acesso será gratuito e não haverá necessidade de agendamento prévio para visitas espontâneas. O local tem capacidade de receber cem visitantes por vez, sem limite diário, além de turmas escolares com até 50 alunos e professores. Não há estacionamento no Jardim, e todo o trajeto interno é realizado a pé.

    No caso das escolas, é preciso reservar data e horário. Para o primeiro semestre, todas as vagas já foram preenchidas. A partir de junho, novas oportunidades serão abertas para o segundo semestre. Também em breve serão disponibilizados, no site do Jardim, os formulários online, as normas e as orientações para a realização de pesquisas, projetos de extensão, aulas e produção de ensaios fotográficos.

    Estrutura

    Na antiga casa do sítio, onde funciona a Casa Sede, os visitantes terão acesso a três galerias de arte, que congregam nove salas, sob a curadoria da Pró-reitoria de Cultura da UFJF (Procult). Com acervo permanente e obras rotativas, o espaço terá na inauguração três exposições.

    A primeira exibe uma linha do tempo sobre a história do local. A segunda é a mostra “Aves da Mata do Krambeck no Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora”, de autoria do artista Raphael Dutra. São 30 trabalhos em aquarela e guache sobre papel que retratam pássaros e aves avistados na localidade.

    Na terceira exposição em cartaz, “Entre Enigmas e Percursos”,  12 artistas convidados exibem intervenções fotográficas sobre fenômenos das paisagens do Jardim.

    Em breve, será inaugurada uma lanchonete na Casa Sede. Por isso, a recomendação para visitantes é levar bebida, exceto alcoólica, e lanche. Há área reservada para piqueniques.

    Próximo à Casa-Sede, fica o Laboratório Casa Sustentável, projeto desenvolvido pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFJF, cujo objetivo é promover a conscientização do público sobre o que são princípios de sustentabilidade e técnicas de arquitetura bioclimática. Nele, as pessoas poderão vivenciar a experiência de uma moradia ecológica e perceber como diferentes usos de materiais e posicionamento de estruturas, como janelas e portas, influenciam, por exemplo, na sensação de calor e de luminosidade.

    Há também a Casa de Educação Ambiental, para receber os alunos das escolas para breves explicações antes de iniciarem a visita. No espaço, serão desenvolvidas atividades de educação ambiental, como cursos e oficinas.

    O Jardim Botânico possui ainda bromeliário e orquidário, com exposição de espécies nativas. A família de bromélias (Bromeliaceae) é uma das mais abrangentes no local.

    Em fase de implementação, mas já com ampla infraestrutura, o Centro de Pesquisas possui sete laboratórios de estudos interdisciplinares, que irão possibilitar a integração e otimização de uso dos equipamentos, produzindo conhecimento em áreas como botânica, ecologia, zoologia e bioquímica.

    Completam a estrutura, o prédio administrativo, que agrega secretaria, diretoria e sala de monitores e educadores ambientais, e a Recepção de Visitantes.

    Educação ambiental

    Ao abrir as portas de um remanescente de Mata Atlântica para a população, o Jardim Botânico oferece inúmeras possibilidades de educação ambiental. Para isso, o local terá cinco roteiros de visitação para grupos escolares, com foco na sociobiodiversidade e na apresentação dos grupos vegetais presentes no Jardim. As visitas são adaptadas para as diferentes faixas etárias e interesses, podendo ser acompanhadas pelos bolsistas monitores ou autoguiada.

    Endereço: Rua Coronel Almeida Novaes, s/n, Bairro Santa Terezinha
    Horário de funcionamento: De terça a sexta e domingo, das 8h às 17h, com entrada de visitantes até 16h30.
    Serão permitidos, por vez, até 100 visitantes. Não há limite diário.

    Observação: Não há estacionamento no Jardim. Todo o trajeto interno é realizado a pé.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.