• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 24 de janeiro de 2020, atualizada às 17h57

    PJF assina convênio com UFJF para atualização do mapeamento de áreas de risco

    Da redação

    A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e a Universidade Federal (UFJF) assinaram nesta sexta-feira, 24 de janeiro, convênio para ações de mapeamento de áreas de risco e atendimento de engenharia pública na cidade. A parceria foi firmada entre o prefeito Antônio Almas e o reitor Marcus David, durante solenidade no campus universitário. No ato, ambos demonstraram a importância do acordo, que, como disse o prefeito, "permitirá avançar no que mais nos preocupa hoje, que são as áreas de risco, e, consequentemente, a contenção de encostas". Ele explicou que já foram realizadas "diversas obras neste sentido, que possibilitaram não termos nenhum desastre grave em relação a isso. E agora, com a UFJF, pretendemos avançar ainda mais no trabalho preventivo".

    O reitor, por sua vez, destacou que "a Universidade está levando o conhecimento que está aqui dentro para a comunidade. E ela se enriquece muito quando faz essa inserção junto à população. Temos absoluta convicção que essa interação faz com que possamos trazer mais conhecimento".

    O trabalho a ser realizado, com ações da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc), através da Defesa Civil, pela PJF, e o Núcleo de Atendimento Social da Faculdade de Engenharia (Nasfe), pela UFJF, será dividido em duas etapas. Primeiro, a cessão de dados cartográficos da Prefeitura para a Universidade, quando serão realizados ajustes e atualizações. Segundo, ações com a Defesa Civil em relação à atualização do mapeamento das áreas de risco, capacitação de agentes públicos e trabalhos de engenharia pública para moradores de baixa renda.

    O subsecretário e coordenador da Defesa Civil, Jefferson Rodrigues, ressaltou que "o mais importante nessa parceria é o fato de a Universidade ser polo de conhecimento no assunto, trazendo atualizações importantes para nós, propiciando troca de ideias e experiências. Temos todas as áreas já mapeadas, mas precisamos atualizar, pois muitas já receberam obras, o que muda o grau de risco. E queremos estender o mapeamento para as áreas de alagamentos".

    Nasfe

    O Nasfe foi criado em 2008 e já fez mais de 280 atendimentos na cidade, desde levantamentos de dados para ações de usucapião até projetos de engenharia civil em edificações e orientações técnicas, tendo como público-alvo a população de baixa renda. O professor e coordenador do Núcleo, Jordan Henrique de Souza, explicou como a ação com a Defesa Civil pode potencializar o trabalho: "Desenvolvemos uma política pública para famílias com renda de até três salários mínimos. A gente percebeu que boa parte do nosso público está nas áreas de risco, por isso, esta parceria vem para complementar o trabalho. O objetivo é propiciar uma ação mais efetiva na estruturação de uma cidade mais resiliente aos desastres".


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.