• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Victor Bitarello Victor Bitarello01/03/2014

    Oscar 2014 domingo agora!!!

    Oscar chegando! É um ótimo momento pra ficar por dentro do que se tem de melhor feito em 2013 em matéria de cinema. E é mesmo! O Oscar é uma premiação que, em regra (bastante em regra), seleciona grandes obras, trabalhos realmente muito bons. É um prêmio muito buscado pelos artistas, porque é, sem dúvida, o troféu que mais consagra um "ator" envolvido na arte do cinema. Ator veio entre aspas para significar aquele que atua no filme como um todo, não somente o ator em si, mas todos em volta dele, uma vez que o Oscar premia o melhor diretor, roteiro, o filme em si (prêmio que é recebido pelo (s) produtor (s) – que, por vezes, é o próprio diretor), efeitos, roupas, maquiagem, etc. Quem já teve a oportunidade de assistir vídeos das cerimônias antigas, pode perceber o quanto aquilo tudo cresceu e se tornou grandioso.

    Por vezes, o Oscar opta por consagrar um determinado artista, ao invés de premiar o que foi melhor, melhor mesmo. Foi o que aconteceu, por exemplo, no Oscar 2013, em que a vencedora do prêmio de melhor atriz foi Jennifer Lawrence. Penso, humildemente, que o trabalho da menina, em termos de qualidade, é indiscutível. Jennifer é uma excelente atriz e fez, realmente, um trabalho muito bom em "O lado bom da vida". Mas, se o Oscar tivesse premiado a MELHOR atriz, ou seja, a que teve a melhor atuação dentre as escolhidas para concorrer, eles teriam eleito Emmanuelle Riva, do francês "Amor". A história de um casal em que a mulher passa pelo sofrimento do mal de Alzheimer e a batalha de seu marido para cuidar dela e dar carinho a ela merecia não somente dar-lhe a estatueta, como também dar ao filme a premiação principal. Afinal de contas, por mais legal que seja "Argo", não é nada que se compare a "Amor". "Amor" é um filme maravilhoso! Aliás, já faz algum tempo que o melhor filme estrangeiro vem sendo melhor que o vencedor do Oscar de melhor filme. Voltemos a Jennifer. Ao premiá-la, eles conseguiram o que queriam: tornaram Jennifer Lawrence uma estrela (e isso, sem dúvida, ajuda os empresários do cinema a venderem muito mais com filmes em que há a carinha dela no cartaz). Mas, apesar dessa pequena injustiça, esse ano a moça deve ser justamente premiada. Sua atuação em "Trapaça" é um deleite. Ela está bem demais no filme e vai ganhar o Oscar de melhor atriz coadjuvante.

    Tem uma coisa que está especialmente me incomodando esse ano. Há um boato de que vazou a informação de que Leonardo DiCaprio vencerá como melhor ator, por "O lobo de Wall Street". Caramba! Como? Será mesmo? Leonardo está TÃO chato no filme! Seu trabalho é TÃO forçado! Não é o melhor ator desse ano. Não é, isso é um fato. Ele é um excelente ator. Mas, se ganhar, carregará não um prêmio, mas um peso.

    Esse ano Sandra Bullock conseguiu ser indicada de novo. Provavelmente, após receber um Oscar mais que justo por um trabalho lindo em "Um sonho possível", ela resolveu começar a se levar a sério. Meryl está em sua ducentésima indicação, não vai levar o prêmio, mas continuará com aquele delicioso ar de: nossa, eu sou muito boa! Muito mesmo! (disfarçado por sua brilhante atuação de "sou humilde"). Amo!!! Amy Adams, que é linda e ótima, está tão chata em "Trapaça", que se vencer, acho que ela mesma não vai gostar. Mas quem deve ganhar é Cate Blanchett né. Então Amy deve continuar sentada na plateia do Oscar sorrindo, como de regra. Somente.

    O excelente Matthew McConaughey talvez aguente Leonardo vencendo, ou talvez leve como melhor ator por "Clube de compras Dallas". Ele emagreceu tanto para o filme... Apesar desse emagrecimento passar a mensagem da história de maneira mais verídica, eu tenho ressalvas com atores que fazem esse tipo de coisa (emagrecer, engordar, raspar o cabelo, etc). Isso faz a arte da atuação perder um pouco. É minha humilde opinião. É possível que Matthew talvez fique feliz - a gente espera – com a vitória de seu colega de trabalho, Jared Leto (que ainda estou perplexo), pelo prêmio de melhor ator coadjuvante. Jared pra mim era só mais um ator bonitinho. Pelo visto não é.

    Se a Academia seguir a linha "Argo", melhor filme no Oscar 2013, devemos ouvir o convidado dizer "12 anos de escravidão" como melhor filme este ano. Se resolver ir pro lado que consagrou "Guerra ao terror" como melhor filme e Kathryn Bigelow como melhor diretora no Oscar 2011, "Gravidade" e Alfonso Cuarón levam o prêmio. Qual será?

    É domingo!!!


    Victor Bitarello é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), pós-graduado em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Ator amador há 15 anos e estudioso de cinema e teatro. Servidor público do Estado de Minas Gerais, também já tendo atuado como professor de inglês por um período de 8 meses na Associação Cultural Brasil Estados Unidos - ACBEU, em Juiz de Fora. Pós graduando em Direito Processual Civil.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.