• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    JF tem Carnaval na avenida, nos bairros e nos clubes Para quem vai cair na folia na cidade, há opção para todos os gostos. No desfile da Banda Daki, que abrirá o Carnaval, Isabelita dos Patins marca presença

    Daniele Gruppi
    Repórter
    9/2/2009

    Os juizforanos contam os minutos para a maior festa popular do Brasil. E quem pretende aproveitar o Carnaval na cidade vai encontrar diversas opções para cair na folia. Seja na avenida com as escolas de samba, nos bairros, nos blocos ou nos bailes, oferecidos pelos clubes, Juiz de Fora promete muita descontração durante os quatro dias de festa.

    Para não decepcionar os foliões, os organizadores dos eventos correm contra o tempo. A Passarela do Samba já está sendo preparada para sediar o desfile de 12 escolas de samba. Pelo grupo especial, entram na avenida a Juventude Imperial, Mocidade Independente do Progresso, Real Grandeza, Unidos do Ladeira e União das Cores. O grupo A é composto pela Feliz Lembrança, Cacique de Lins, Mocidade Independente do São Mateus, Partido Alto, Rivais da Primavera e Vale do Paraibuna. A Águia de Ouro é a única a desfilar pelo grupo de Acesso.

    O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba, Edson Tostes (foto abaixo), lamenta a decisão de cinco escolas pela não participação na festa. "A verba curta é um empecilho", afirma, explicando o motivo da desistência. Este ano, a Prefeitura Municipal disponibilizou recursos da ordem de R$ 500 mil para o Carnaval na avenida, valor mais baixo que o do ano passado, quando foram liberados R$ 800 mil.

    Os desfiles começam no domingo, dia 22 de fevereiro, com as escolas do grupo especial. Na segunda-feira, dia 23, o grupo de acesso e o grupo A embalam os foliões. Segundo Tostes, a novidade desta edição é nas notas. "A avaliação passa a ser de sete a dez e não mais de cinco a dez." A apuração dos resultados será no dia 24, no Anfiteatro João Carriço, a partir das 10h. À noite, às 19h, ocorrem os desfiles das campeãs.

    Ingressos à venda

    Foto de Edson Tostes Os interessados em assistir a apresentação das escolas já podem adquirir seus ingressos, mesas e camarotes para o Carnaval 2009 de Juiz de Fora a partir desta segunda-feira, dia 9. Eles são vendidos de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM), na avenida Getúlio Vargas, 200, centro. Não serão aceitas reservas em nenhum dos setores da Passarela do Samba.

    Na arquibancada são 2.800 lugares dispostos em quatro setores, sendo todos cobertos. Cada ingresso de arquibancada custa R$ 5 e tem validade para somente um dos três dias de desfiles oficiais das escolas de samba. As crianças com até 3 anos de idade, ao colo, não pagam ingresso para ter acesso às arquibancadas.

    Também são vendidas 80 mesas, com quatro lugares cada, em dois setores. Cada mesa custa R$ 250, dando direito a assistir aos desfiles nos três dias. Já com relação aos camarotes comerciais, a Funalfa inovou em 2009, oferecendo duas opções de tamanho. Haverá 15 unidades com capacidade para 14 pessoas, ao preço de R$ 1.300, e dez unidades projetadas para oito pessoas, que serão vendidas a R$ 700. Os camarotes também têm validade para os três dias.

    Blocos garantem a irreverência do Carnaval juizforano

    Foto do desfile da Banda Daki O Carnaval de Juiz de Fora também faz a alegria daqueles que saem atrás dos trios. Trata-se dos blocos, que mantêm a tradição da folia de Momo nas ruas. Este ano, o Domésticas de Luxo retorna em grande estilo e abre a festa na quarta-feira, dia 18. A concentração será no Parque Halfeld.

    Há dez anos sem sair, o enredo do bloco vai dar o recado: Voltei, aqui é meu lugar. Segundo o atual presidente do bloco, Carlos Manoel Gomes de Carvalho, o Doméstica vai contar com 150 componentes. "Dentro da corda, só vão homens pintados de preto, enfeitados com apetrechos típicos das domésticas. O público vai atrás. Estamos retornando com a mesma roupagem. Vamos fazer um Carnaval alegre", promete.

    Na quinta-feira, dia 19, é a vez do Bloco Recordar a Viver. Com o tema Brincando o Carnaval com a terceira idade, a agremiação faz seu décimo quarto desfile, propondo uma grande e festiva confraternização. Composto por integrantes de um dos projetos sociais da Amac, a expectativa é atrair 600 foliões. A ideia é render homenagens aos familiares e amigos, bem como ao público em geral.

    Na sexta, dia 20, o Bloco do Beco convida os foliões para entrarem no clima de festa. É um dos blocos mais tradicionais da cidade. Surgiu em 1973, quando um grupo de 12 amigos se reuniu no Bar do Beco, localizado em uma galeria do centro da cidade e pensou numa maneira de manter viva a tradição do Carnaval. Apaixonados pela folia, esses amigos frequentavam escolas de samba e não queriam perder esse contato como samba. Assim, decidiram: o Bloco do Beco sairia na sexta-feira de Carnaval para não atrapalhar a festa do grupo fundador. O Bloco do Beco se tornou, também, um foco de resistência política.

    Foto do desfile da Banda Daki Um dos destaques do Carnaval sai no sábado, dia 21. É a Banda Daki, que atrai os que curtem o dia. De acordo com o responsável pela banda desde a sua fundação, José Carlos Passos, a concentração para o bloco começa às 10h, na avenida dos Andradas. Às 12h30, quando o prefeito entregar a chave da cidade ao Rei Momo, Fabrício Scorallick, e à rainha do Carnaval, Grazielle dos Santos, o bloco sai pela avenida Rio Branco até a Catedral.

    A expectativa é de que 70 mil pessoas participem desta festa. José Carlos afirma que nos dois trios elétricos que vão embalar o público só serão entoadas as marchinhas de Carnaval. "O funk e o axé não têm lugar no bloco", avisa. Os foliões vão relembrar os Carnavais antigos ao som de Mamãe eu quero, Cabeleira do Zezé e Chiquita Bacana. Isabelita dos Patins promete marcar presença. Ela também foi a atração da Banda Daki em 2008.

    Outros blocos também garantem a irreverência do reinado de Momo em Juiz de Fora. O grupo de Afoxé Ilê Okan Odara Oya e Bafo de Onça saem na Passarela do Samba e abrem os desfiles das escolas, no domingo, dia 22.

    O Bafo de Onça completa, em 2009, 11 anos de fundação, e vai relembrar os desfiles realizados no Carnaval juizforano. Por meio de 11 alas, a agremiação vai retomar temas apresentados, com sucesso, além de render homenagens póstumas ao fundador do bloco, Sebastião Policarpo, o Tiãozinho. O tema do desfile da agremiação, que tem reduto no bairro Grajaú, é Bafo da Onça, 11 anos de folia.

    Carnaval nos bairros

    Nos bairros existem entidades que pedem apoio à Prefeitura Municipal para a construção de palcos, confecção de camisas e outros tipos de ajuda financeira. O apoio ao bloco carnavalesco no Milho Branco fez com que o mesmo crescesse e se transformasse na Escola de Samba União das Cores, que desfilou pela primeira vez em 2003, e já faz parte do grupo especial.

    Em Benfica, é destaque o Carnabenfica. Em Filgueiras, há o bloco União da Comunidade em Serviços Comunitários e Pró-Melhoramento de Filgueiras (Unicom). No bairro Valadares, há o CarnaValadares. Há blocos também no São Mateus, Granbery, Ipiranga (veja os mapas), dentre outros locais.

    Programação nos Clubes

    O alto astral e alegria também contagiam os salões. Para muitos juizforanos, brincar Carnaval nos clubes é uma boa pedida. O diretor social do clube Bom Pastor, Jorge Henrique Neves Alcântara, afirma que a vantagem da festa nos clubes é a segurança para os pais, além da tradição familiar e localização. Alcântara garante que os clubes atendem também às crianças, com suas matinês.


  • Clube Bom Pastor
    20/2 (sexta) - Happy Hour Carnavalesco
    Atração: 3,2 Único

    22/2 (domingo) - Matinê
    Atração: Banda Emoção

    24/2 (terça) - Matinê
    Atração: Banda Emoções


  • Clube Cascatinha
    21/2 (sábado) - Show
    Atração: Nosso Jeito

    23/2 (segunda) - Matinê
    Atração: DJ André

    24/2 - Show
    Atração: Samuel e Banda
  • Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.