Terça-feira, 5 de outubro de 2010, atualizada às 12h

Projeto Visões da Vida II chega a Juiz de Fora com informação e cultura

Isabela Lobo
Colaboração*

O projeto Visões da Vida II, que chega a Juiz de Fora nesta terça-feira, 5, pretende levar diversão e dicas de saúde para quem passar pela Praça Antônio Carlos. Durante seis dias serão exibidos filmes conhecidos do público e vídeos informativos, além de palestras sobre saúde, com direito a pipoca e refrigerante. Tudo isso gratuitamente. O projeto já atingiu cerca de 48 mil espectadores e, em sua terceira edição, deve passar por cerca de 30 cidades brasileiras.

O que chama a atenção do público é a sala de cinema pouco convencional: uma carreta. O espaço tem capacidade para 81 pessoas, com ar condicionado e som e vídeo digital. As estudantes Patrícia Alencar e Bárbara Vieira conferiram a primeira seção do dia e aprovaram a ação. "Muito interessante". Segundo o coordenador do projeto, José Amaro da Cruz, o cinema é só um atrativo do projeto. "Ele funciona como uma espécie de isca para as pessoas virem fazer teste de glicose, aferir pressão e saber informações sobre doenças", afirma.

O projeto busca firmar parcerias com as prefeituras locais para promover, paralelamente ao evento, atividades voltadas à saúde, além de incentivar a participação de escolas da cidade. Em Juiz de Fora, ainda não há previsão de ações com a prefeitura. Segundo o coordenador, a maior recompensa é ver as seções lotadas. "A satisfação é total". Na cidade, ainda não há escolas agendadas para participarem do projeto, mas Amaro acredita no sucesso da iniciativa. "Tenho a impressão de que teremos casa cheia", afirma.

O projeto, que já passou por Porto Alegre, Florianópolis, Cubatão, Pindamonhangaba e Barra do Piraí, fica em Juiz de Fora até domingo, dia 10. O próximo destino é o Rio de Janeiro, onde seis favelas serão visitadas. A escolha dos destinos é feita aleatoriamente e pode ser solicitada pelas cidades. Os filmes exibidos são fruto de parcerias com produtoras.

Seis produções são transmitidas diariamente e qualquer pessoa pode participar do projeto. As escolas interessadas poderão marcar seções. Basta comparecer ao local ou ligar para o telefone (35) 9844-7378.

*Isabela Lobo é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.