• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Segunda-feira, 26 de novembro de 2012, atualizada às 18h20

    Festival de Cenas Curtas premia dramaturgos e atores locais

    Nathália Carvalho
    Repórter
    Festival de Cenas Curtas

    Foi encerrada mais uma edição do Festival de Cenas Curtas de Juiz de Fora, que premiou A história do lápis nº 2 (foto), do ator e dramaturgo Tairone Vale, como esquete vencedora do evento. Em segundo lugar, ficou a esquete Rolhas, de Gustavo Burla e Breno Fonseca, seguido de Senhora da água, senhor do fogo, de Henrique Simões. (As fotos abaixo mostram os três primeiros colocados, na ordem crescente da esquerda para a direita).

    De acordo com a Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), responsável pela realização do festival, a ideia é incentivar a produção da dramaturgia local, aceitando apenas inscrição de textos inéditos e grupos com, pelo menos, 80% de artistas da cidade. "As montagens surpreenderam, não só pela qualidade dos textos, mas também pela produção apurada e pelo talento dos artistas", avaliou uma das produtoras do evento, Fernanda Lauro, por meio de sua assessoria.

    Para o vencedor Tairone Vale, o prêmio atua como um incentivo à continuidade da prática, além de valorizar o trabalho dos artistas. "Quando escrevemos uma peça, não temos a menor ideia de como será a aceitação. E, receber esse mérito, nos mostra o reconhecimento do público, em matéria de linguagem cênica e história, e valorização dos jurados, que conseguiram captar a energia criada no palco e se emocionar", conta.

    A esquete conta a história de uma mulher que tem duas vidas, divididas pela simples escolha de agarrar ou não um lápis comum. "Gosto de escrever sobre a simplicidade das coisas, inspirado na Teoria do Caos, que demonstra como pequenos atos podem fazer diferença no futuro", conta. Mas, segundo o diretor, o grande diferencial foi a atuação das atrizes, que se revezavam nos papéis. "A riqueza do trabalho está exatamente nesse jogo de trocas, e acho que o público conseguiu perceber isso." Vale ainda acrescenta, dizendo que pretende percorrer outros festivais nacionais com a cena, e há chances de transformá-la em espetáculo em 2013.

    Festival de Cenas Curtas Festival de Cenas Curtas Festival de Cenas Curtas

    Premiações

    A 4ª Edição do Festival também ofereceu o Prêmio Destaque, que foi entregue a dois concorrentes: A luta do senhor Jarbas contra o velho de bigodes, de Camila Damasceno, pela linguagem cênica; e As sementes de aço, de Tiago Fontoura, pelo texto. A cerimônia ocorreu na noite do último sábado, 24, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM).

    Nesta edição, 15 esquetes concorreram no festival, que distribuiu R$ 10 mil em prêmios, sendo R$ 5 mil para o 1° lugar, R$ 3 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. O Prêmio Destaque, no valor de R$ 1 mil, foi dividido entre as duas esquetes escolhidas pelo júri, composto pela atriz Raphaela Ramos, pelo ator e diretor Marcos Marinho e pelo diretor do CCBM, Guy Schmidt. Foram realizadas duas eliminatórias, nos dias 10 e 17 de agosto, e a final, no sábado.

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.