UFJF reúne professores de JF para discutir vestibular 2010

Por

UFJF re?ne professores de JF para discutir vestibular 2010 Representantes das escolas da cidade concordam que prazo para adapta??o ao novo processo ? curto. Vestibulandos tentam equilibrar estudos e inseguran?a

Patr?cia Rossini
*Colabora??o
17/4/2009

A reuni?o entre a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e os representantes das escolas p?blicas, particulares e dos cursinhos, na manh? desta sexta-feira, 17 de abril, foi marcada pela exposi??o de diferentes opini?es acerca da proposta do Minist?rio da Educa??o (MEC) de substituir o modelo atual de vestibular pelo Exame Nacional do Ensino M?dio (Enem).

Contudo, as ideias apresentadas convergiram em um ponto: o prazo para adapta??o a um novo processo seletivo neste ano ? muito curto. "Nunca foi t?o adequado dizer que a pressa ? inimiga da perfei??o. N?o precisamos avaliar essa mudan?a com tanto imediatismo", declara o diretor de ensino de um cursinho, Nelson Ragazzi.

A ?nica na reuni?o a declarar apoio ? poss?vel altera??o no processo seletivo da UFJF para 2010 foi a professora da Escola Estadual Clorindo Burnier, Adriana Maria de Oliveira Santos. Para ela, a mudan?a imediata n?o prejudicaria os egressos da rede p?blica. "Eles j? est?o acostumados a fazer as provas do Enem, inclusive por causa do ProUni. Por?m, institucionalmente, a gente sabe que uma altera??o como essa precisa ser discutida e avaliada com muita cautela."

A diretora da Escola Estadual Maria Magalh?es Pinto, Maria das Gra?as Val?rio Gomes, discordou da opini?o da colega. Para ela, a mudan?a ? brusca e os alunos sentir?o isso. "Embora a realiza??o do Enem seja uma pr?tica comum na rede p?blica, n?s n?o sabemos como ser? essa nova prova e nem temos tempo para preparar os estudantes at? outubro", explica.

De acordo com o pr?-reitor de Gradua??o da UFJF, Eduardo Magrone, a discuss?o da proposta ? ampla e est? acontecendo em todas as unidades da institui??o. Magrone afirma que, neste momento, n?o ? poss?vel dizer que o Conselho de Gradua??o est? inclinado a uma ou outra decis?o.

Ainda segundo o pr?-reitor, o Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) n?o deve sofrer altera?es para 2010, ainda que a UFJF decida adotar o Enem. "O Pism ? um processo de sele??o recente, que ainda est? em adapta??o. Nenhuma altera??o deve ser feita nesse sentido, estamos caminhando para iniciar um novo tri?nio de provas neste ano."

Apesar da afirma??o do pr?-reitor de que a discuss?o da proposta ainda est? em aberto, o coordenador de ensino de um cursinho da cidade, Marcus Vin?cius Siqueira Dutra, acredita que "h? uma tend?ncia nacional de que o Enem seja aprovado e a UFJF n?o deve ficar de fora". Segundo ele, o debate com a comunidade n?o deve alterar os rumos da decis?o.

Inseguran?a

Enquanto aguardam o an?ncio da decis?o final da UFJF, os vestibulandos tentam encontrar o equil?brio entre a concentra??o nos estudos e a inseguran?a diante de uma nova altera??o no processo seletivo. "A possibilidade de ades?o ? proposta do MEC cria um ambiente de ansiedade generalizada, que afeta alunos, professores e familiares. Todos est?o sem saber o que fazer", afirma a psic?loga Vivian Werneck (foto abaixo).

Segundo ela, a expectativa ? maior entre os alunos do cursinho. "Quem faz cursinho j? n?o foi aprovado em uma tentativa e, al?m disso, a ?nica finalidade do estudo ? o vestibular. J? os estudantes do 3? ano precisam concluir o ensino m?dio, n?o est?o na escola apenas para tentar uma vaga na universidade", justifica.

Vivian compartilha com os educadores a preocupa??o com o prazo curto, caso o novo modelo seja adotado imediatamente. "N?o podemos fazer o aluno de teste at? chegar a um sistema apropriado. Neste ano, n?o h? tempo suficiente para preparar o estudante para uma prova em outubro, j? estamos no meio do primeiro semestre letivo."

Para controlar a ansiedade, a dica da psic?loga ? manter a concentra??o nos estudos. Para ela, quem estuda mais e se dedica vai passar pelo Enem ou pelo vestibular. "O que eu sempre falo para os alunos ? que a proposta n?o vai alterar a regra do processo seletivo. No caso espec?fico deste ano, se o Enem for utilizado, o estudante precisa pensar que todos os concorrentes estar?o na mesma situa??o, ter?o o mesmo tempo para se adaptar. Ningu?m vai sair em vantagem."

Pr?ximo passo

O Conselho de Gradua??o da UFJF se re?ne na pr?xima quinta-feira, dia 23 de abril, para dar continuidade ao debate da proposta do MEC. A expectativa ? de que, nessa reuni?o, os conselheiros apontem uma decis?o ao Conselho Superior.

As escolas tamb?m participar?o da discuss?o. O Conselho vai disponibilizar uma cadeira para um representante das escolas p?blicas e outra para as escolas particulares na reuni?o extraordin?ria do dia 23. A UFJF tem at? o dia 30 deste m?s para informar a escolha ao MEC.


*Patr?cia Rossini ? estudante de Comunica??o Social da UFJF

Os textos s?o revisados por Madalena Fernandes

Enquete
Voc? concorda com a substitui??o do vestibular pelo novo Enem?
      Sim
      N?o
      N?o tenho opini?o formada sobre o assunto, j? que se trata apenas de uma proposta e n?o h? nada de concreto
   

ATENÇÃO: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de visitantes do Portal ACESSA.com.