• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Mostra resgata a história da Banda Daki Reviver o Carnaval reúne 150 fotos e evidencia a criatividade e a alegria dos foliões que acompanham o bloco nesses 37 anos de existência

    Daniele Gruppi
    Repórter
    19/02/2009

    Para quem não gosta de brincar Carnaval, mas se diverte ao ver os foliões curtindo a festa, uma dica é conferir a exposição Reviver o Carnaval. Trata-se da reunião de flashes de um dos blocos mais tradicionais de Juiz de Fora, a Banda Daki.

    Segundo o organizador da exposição e da Banda Daki, José Carlos Passos, a proposta é mostrar a criatividade e a alegria dos foliões, resgatando a história da Banda. "Tem fotos interessantes e divertidas."

    José Carlos afirma que cada estande da mostra reúne fotografias de um período de dez anos. "Há fotos desde o ano da criação do bloco, em 1972, todas em preto e branco." Esta é a quarta exposição que o organizador promove. "A primeira vez foi em 1992, quando a Banda Daki completou 20 anos. Depois, fizemos novamente nos 25 anos do bloco e no ano passado."

    Ele conta que os comentários dos juizforanos são positivos. "Tem sempre uma pessoa que fala que se divertiu ao ver um amigo, um parente ou o pai nas imagens." Além das fotos, há o primeiro livro de ouro, com a relação de fundos arrecadados para realizar o bloco, e a primeira bandeira da Banda Daki.

    Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição
    História do bloco

    A Banda Daki nasceu em 1972 da reunião de uma turma de amigos do bairro São Roque. Eles sentiam falta de uma programação diurna para o sábado de Carnaval. Eles resolveram se juntar com fantasias e muito bom humor para fazer graça pelas ruas da cidade.

    Fundaram o bloco São Roque, mas como o número de adeptos crescia, os organizadores entenderam que o bloco deveria ser da cidade e não apenas da turma de São Roque. Em 1974, mudaram o nome para Banda Daki.

    Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição

    José Carlos contribui com a organização e a angariação de fundos para o bloco desde 1979, sendo considerado o grande entusiasta da festa. Ele afirma que o seu objetivo é manter a tradição.

    Banda Daki em 2009

    A Banda Daki vai sair no sábado, dia 21 de fevereiro. De acordo com José Carlos, a concentração para o bloco começa às 10h, na avenida dos Andradas. Às 12h30, quando o prefeito entregar a chave da cidade ao Rei Momo, Fabrício Scorallick, e à rainha do Carnaval, Grazielle dos Santos, o bloco sai pela avenida Rio Branco, na pista central, em direção à Catedral.

    Dois trios elétricos, além da banda Realce, vão animar os foliões. As marchinhas carnavalescas darão o tom da festa. Os foliões vão brincar ao som de Mamãe eu Quero, Cabeleira do Zezé e Chiquita Bacana.

    Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição Foto da foto que está na exposição

    Isabelita dos Patins vai marcar presença. Ela também foi a atração da Banda Daki em 2008. A expectativa de José Carlos é de que 70 mil pessoas participem desta festa. Para ele, os juizforanos devem mostrar a criatividade na hora de cair no folia. "Fantasia é o que se tem em casa e não se usa. Todo mundo pode se fantasiar."

    A exposição Reviver o Carnaval pode ser conferida até o dia 24 de fevereiro, no Shopping Independência, durante o horário de funcionamento.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.