• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Artista Tulio Minaki recria personagens digitais de maneira hiper-realista

    Natural de Matias Barbosa, o jovem sempre foi influenciado pelas ilustrações gráficas provenientes de filmes e jogos digitais

    Nathália Carvalho
    Repórter
    16/1/2013
    Exposição Tulio Minaki

    "Tem gente que cresce e não sabe qual profissão vai seguir, mas eu sempre soube, nasci sabendo qual era a minha paixão". Desde os primeiros desenhos feitos à mão ainda bem pequeno, aperfeiçoados com cursos de pintura aos 13 anos e, posteriormente com a faculdade de artes, Tulio Minaki, 26 anos (foto ao lado), já traçava seu rumo. Natural de Matias Barbosa, a poucos quilômetros de Juiz de Fora, o jovem sempre foi influenciado pelas ilustrações gráficas provenientes de filmes e jogos digitais, mas busca, agora, aliar o trabalho ao seu maior sonho: morar no Japão.

    Até a próxima segunda-feira, 21 de janeiro, Minaki estará expondo parte de suas obras produzidas digitalmente na Galeria de Arte Professor Edson Pavel Bastos, localizada no Colégio de Aplicação João XXIII. Intitulada Mundo Real? Mundo Digital, a mostra contempla dez trabalhos de hiper-realismo produzidas pelo artista desde 2010. "Gosto muito de trabalhar com computação gráfica e recriar personagens antigos de video-game, mangá e anime, por exemplo. Sou fissurado pelo corpo humano e gosto de aplicá-lo ao hiper-realismo", explica. As imagens poderão ser visitadas no período da manhã e da tarde.

    O trabalho com ilustrações digitais

    Minaki conta que sempre gostou da área artística. Para profissionalizar a aptidão, cursou Artes e Design na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e começou a lapidar sua técnica. No início, ele conta que trabalhava com desenhos clássicos, criados a partir de ferramentas comuns. A montagem do portfólio de trabalhos digitais partiu da vontade de recriar personagens, e pelo gosto por computação gráfica. "Na questão digital, sempre fui autodidata, porque a faculdade não oferece uma prática incisiva nesse sentido. Fico me atualizando toda hora e aprendo as novidades por conta própria", diz.

    Exposição Tulio MinakiAs ilustrações realizadas digitalmente e construções em 3D são as formas mais trabalhadas pelo artista, criadas a partir de softwares como Photoshop. Comum entre os artistas japoneses, outro programa utilizado é o Paint Tool SAI, principalmente em ilustrações que representam mundos fantasiosos. Já nas imagens que se aproximam ao máximo do mundo real, Minaki utiliza-se de programas de construção tridimensionais como 3D Studio Max e o Zbrush, os mesmos utilizados em jogos e filmes digitais. "Esses trabalhos surgem como uma escultura em 3D, ou seja, como se literalmente as peças fossem esculpidas dentro do computador."

    Normalmente, para criar uma dessas figuras, são necessários de um a dois meses de trabalho. "O que é mais complicado é a parte hiper-realista, porque tenho que pegar muita referência, como tipos de pele; e cada uma delas reage de maneira diferente. O corpo humano é muito complexo nesse sentido e exige muito estudo e observação", diz. Além disso, desde que se formou, ele trabalha com criação de caricaturas na região de Matias e Juiz de Fora.

    Paixão pelo Japão

    Durante o período de faculdade, o jovem realizou um intercâmbio de um ano e meio no Japão, entre 2008 e 2010. Apesar de ter familiares no país, Minaki viveu em uma república e estudou a língua e a cultura japonesa. "Sempre fui apaixonado pelo país, principalmente pela tecnologia desenvolvida e pelo seu trabalho cultural." Lá, ele teve contato com alguns dos softwares utilizados hoje, mas os planos vão além de uma simples temporada no local. "Fui selecionado para realizar um mestrado no Japão, que trata sobre as ferramentas da tecnologia utilizadas na educação."

    A viagem está marcada para abril deste ano e, apesar do período previsto para os estudos, Minaki conta que a ideia é ir estudar, começar a trabalhar e construir sua vida por lá mesmo. "Quero trabalhar com a área de jogos digitais com os japoneses. Como esse sempre foi meu sonho, tenho o total apoio da minha família", afirma. Confira, abaixo, parte do trabalho do artista.

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.