• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Fundação Espírita João de Freitas

    Débora Sereno
    14/01/04

    Grupo de
Fundadores Prestes a completar 70 anos, no dia 22 de fevereiro, a Fundação Espírita João de Freitas não se intimida com a idade. A instituição - uma entidade sem fins lucrativos - foi crida em 1934, por um grupo de idealistas (foto ao lado) liderado por Ali Halfeld, Epaminondas Braga, Orvile Dutra, entre outros. O objetivo era amparar idosos carentes fornecendo-lhes moradia, alimentação, assistência médica e medicamentos.

    Mais de meio século depois, o atual presidente, Sebastião Gomes Ribeiro, reitera: "O nosso objetivo é fazer da casa, um lugar de tranqüilidade e reflexão. Um lugar onde essas pessoas possam fazer uma avaliação da sua vida".

    Atualmente, a casa abriga 77 pessoas, 22 homens e 55 mulheres, entre 60 e 97 anos. E trabalha para que cada um deles tenha uma vida tão ativa quanto a da própria fundação.

    Residências

    São 20 apartamentos e 25 casas, para duas pessoas cada. Nas residências, os idosos têm seu próprio quarto, uma pequena sala, cozinha e banheiro, o que permite manter a sua privacidade e individualidade. O espaço da instituição conta ainda com refeitório, salão de festas, espaço de convivência, enfermaria, salas para oficinas, barbearia, rouparia, lavanderia, jardim e

    Frente das casas
    Quartos Individuais
    Cozinha Privativa


    Atendimento na enfermaria

    Vanda Rezende Hinhma
    Ester Rezende Hinhma
    Profissionais e Voluntários

    Manter tudo isso funcionando em perfeita ordem, não é um trabalho fácil. São mais de trinta funcionários entre enfermeiros, cozinheiros, médicos, auxiliares, assistente social, e outros.

    A instituição conta ainda com a ajuda de voluntários. Para se ter uma idéia da importância do trabalho deles, em quase toda as áreas de atuação da instituição existe um voluntário envolvido. Os trabalhos são diversos: organizar oficinas, leitura de jornais, médicos, fisioterapeutas...

    Vanda Rezende Hinhma (3ª foto ao lado, de cima para baixo), trabalha como voluntária na casa há mais de 24 anos. Toda segunda-feira ela visita a instituição para cortar cabelos, cuidar das unhas e até depilar os residentes. E ela recebe uma ajuda especial, da filha Ester Rezende Hinham ( 4ª foto ao lado, de cima para baixo), de 20 anos. "Alguns dos vovôs da casa viram a minha filha crescer e acompanharam a história dela", conta Vanda. "E trabalhar aqui é uma lição de vida. Aprendo muito com a sabedoria e a experiência de vida deles. É muito gratificante", acrescenta Vanda.

    Recursos

    A entidade se mantém através de doações, do aluguel de alguns imóveis, e de uma pequena contribuição dos residentes. Os que possuem alguma renda fixa ou familiar, contribuem com uma quantia simbólica para ajudar com as despesas, mas, normalmente, o total não cobre todos os gastos.

    Sebastião lembra que, apesar de constar no novo Estatuto do Idoso, o direito de todo idoso a receber o valor de um salário mínimo como pensão, e o direito das casas de residência permanente a cobrar alguma contribuição, o processo pode ser demorado. "Já estamos com um advogado para providenciar o que for preciso. Mas por enquanto, muitos não tem condições de contribuir com nada." Nestes casos a fundação arca com todas as despesas: moradia, alimentação, limpeza, assistência médica, medicamentos...

    Como ajudar

    A Fundação Espírita João de Freitas recebe doações em forma de dinheiro, roupas, alimentos, medicamentos, entre outros. As doações podem ser feitas diretamente no local, na Rua São Mateus, 1350.

    A entidade mantém uma conta para receber as doações. Anote os dados: BRADESCO - AG 3442-8 - C/C: 4062_2

    Clique aqui para ver mais fotos da Fundação Espírita João de Freitas.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.