• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Inverno afasta doadores do Hemominas Com chegada do frio estoque de sangue do hemominas sofre baixa de até 40%


    Thiago Werneck
    *Colaboração
    30/05/2007

    Neste inverno, o Hemominas precisa mais do nunca de solidariedade para não deixar cair seu estoque de sangue. Nas últimas semanas a doação chegou a ficar 40% abaixo do normal. Motivo: o desânimo de sair de casa com esse frio e doenças como gripe que impedem que a pessoa doe sangue.

    O ideal para entidade é ter 150 doadores por dia. A média atual tem sido de cem pessoas. A funcionária do setor de captação do Hemominas, Ana Elisa Alvin, destaca que é importante mobilizar todas as pessoas que estão com corpo saudável, para doação. "Não interessa o tipo sanguíneo. Contamos com a ajuda de todos. Enfrentamos várias adversidades nesse período e temos as esperança de despertar o espírito de solidariedade através da imprensa e de campanhas de doação", completa.

    Sobre as campanhas
    Uma delas já está em andamento nessa semana. É uma parceria com a UBS do Bairro Linhares. A população está sendo conscientizada da importância da doação e profissionais da UBS receberam orientações de como captar doadores. Durante essa semana, cerca de cem pessoas são esperadas para fazer a doação pela primeira vez. "O importante dessa ação é que a inciativa veio dos moradores e, por isso, esperamos nessa semana um alto número de doadores vindos de lá", destaca Ana.

    A partir dessa ação solidária pioneira na cidade, o Hemominas já traça planos para trabalhar em conjunto com outras UBSs da cidade para que haja conscientização de como é simples e importante doar sangue. A direção deve fazer um mapeamento de em quais bairros há menos doações e assim vai escolher a área de atuação para a próxima parceria.

    Outra campanha separada acontece durante todo mês de junho em parceria com a Junta Militar de Juiz de Fora. Os jovens que se alistam para o exército são convidados a doar sangue. Segundo Ana Elisa, uma parceria que acontece há alguns anos e que gera boas expectativas para o setor de capacitação. "São cerca de quatro mil jovens alistados e esperamos que eles nos ajudem a recuperar a queda que hoje acontece em nosso estoque", observa.

    Quem pode doar
    Para doar sangue a pessoa precisa está em bom estado de saúde, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 quilos. O hemocentro de Juiz de Fora fica na Rua Barão de Cataguases, sem número, no centro da cidade, próximo a Avenida Rio Branco.

    *Thiago Werneck é estudante de Jornalismo da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.