Mais de 70 mil são assistidos por programas federais O ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, vem a Juiz de Fora e fala da parceria com o município nos programas sociais

Marinella Souza*
Colaboração
20/11/2007

O Governo Federal beneficia 16,8 mil famílias em Juiz de Fora com o programa Bolsa Família. É o que relatou o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, em visita a Juiz de Fora, na manhã desta terça-feira, 20 de novembro.

Segundo o ministro, "a parceria com a prefeitura vem consolidando e ampliando os programas sociais. Praticamente 17 mil famílias, quase três mil pessoas com deficiência e mais de mil idosos estão recebendo auxílio federal em Juiz de Fora", comemora o ministro.

Patrus Ananias destacou que a cidade recebe em torno de R$ 34,3 milhões em investimentos nos programas de transferência de renda, assistência social e segurança alimentar. "Ao todo, 73,3 mil pessoas recebem esses benefícios do governo, melhorando a sua qualidade de vida", diz ele. E acrescenta: "Juiz de Fora está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que visa melhorias na infra-estrutura da cidade".

Para o prefeito, Alberto Bejani, a parceria com o ministro é de extrema importância para a cidade. "Os programas como Bolsa Família, Atenção à pessoa com deficiência, Atenção ao Idoso etc, representam progresso para a cidade e deixam a gente muito feliz", revela.

Números em Juiz de Fora

Tabela ilustrativa: Laura Martins Ferreira
Tabela de Programas de Assistência Social.
PETI - Beneficiários: 200 Crianças / 34 mil e 100 reais pagos até agosto de 2007.
BPC – PcD - Beneficiários: 2 mil e 900 Pessoas com Deficiência / 8,3 milhões de reais pagos até agosto de 2007.
BPC – Idosos - Beneficiários: mil e 400 Idosos / 4,1 milhões de reais pagos até agosto de 2007.
Atenção à Família - Beneficiários: 1 CRAS (3 mil e 500 pessoas) / 72 mil reais pagos até agosto de 2007.
Sentinela - Beneficiários: 80 Crianças e Adolescentes / 57 mil e 600 reais pagos até agosto de 2007.
Atenção ao Idoso - Beneficiários: 130 Idosos / 598 mil e 900 reais pagos até agosto de 2007.
Abrigo - Beneficiários: 35 Crianças / 598 mil e 900 reais pagos até agosto de 2007.
Atenção à pessoa com Deficiência - Beneficiários: 538 Pessoas com Deficiência / 598 mil e 900 reais pagos até agosto de 2007.
Atenção à Criança de 0 a 6 anos - Beneficiários: 2 mil e 700 Crianças / 598 mil e 900 reais pagos até agosto de 2007.
Totalizando 11,5 mil atendimentos e 13,2 milhões de reais
Atualização: setembro de 2007

Tabela ilustrativa: Laura Martins Ferreira
Tabela de Programas de Segurança Alimentar.
Programa PAA CONAB - Beneficiários: 455 pessoas. 10 toneladas de alimentos doados;
Programa PAA Compra Dir. Local - Beneficiários: 6 mil e 600 pessoas. 240 agricultores  Recurso: 600 mil reais; 
Programa Educação Alimentar - Beneficiários: 33 mil e 700 alunos. 105 escolas e 101 mil cartilhas. Recurso: 10,1 mil reais;
Programa Banco de Alimentos - 1 Banco. Recursos: 130 mil reais
Programa Restaurante Popular - 1 Restaurante. Recursos: 1 milhão e 400 mil reais.
Programa Projeto Cozinha Brasil - Beneficiários: 14 alunos. 
Atualização: setembro de 2007

Tabela ilustrativa: Laura Martins Ferreira
Tabela de Programas de Transferência de Renda.
Bolsa Família: 16,8 mil famílias beneficiadas. 1 milhão de reais por mês.
Auxílio Gás: 311 famílias beneficiadas. 4 mil e 700 reais por mês.

Projeção anualizada:
Pessoas beneficiadas: 54,7 mil pessoas.
Recursos transferidos por ano: 12 milhões de reais.
IGD repassado até junho de 2007: 135,1 mil reais.
Atualização: outubro de 2007

O que é o Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência de rendas do governo federal que beneficia famílias pobres e extremamente pobres. Isso quer dizer que, todo grupo familiar cuja renda por pessoa não ultrapassa R$120 recebe o benefício.

Os valores pagos variam de R$15 a R$95 e depende da renda mensal e do número de crianças da família. A família se compromete em manter suas crianças e adolescentes em idade escolar na escola e a cumprir com os cuidados básicos de saúde como cartão de vacinação, pré-natal e pós-natal.

Motivo de honra

Ananias veio à Juiz de Fora, entre outros compromissos, a fim de receber o título de Cidadão Honorário da cidade. Segundo ele, esse título lhe dá muito orgulho, pois a cidade lhe é muito especial.

"É com muita alegria e muita honra que recebo esse título. Juiz de Fora está muito presente na minha história: meu pai estudou aqui durante oito anos e sempre se referiu a esse período como o melhor de sua vida. Eu estive aqui muitas vezes em lutas pela democracia e religiosas e também atuando como advogado sindicalista (sindicato dos professores e dos jornalistas). Nas campanhas eleitorais de que participei sempre fui muito bem recebido", relembra saudoso o ministro.

Bejani também lembrou dessa ligação familiar que Patrus Ananias tem para com Juiz de Fora. "O ministro tem história em Juiz de Fora e tem um amor especial por nossa cidade. Seu pai lhe ensinou que a cidade 'é grandiosa na educação e maravilhosa para se viver.' E isso é a mais pura verdade. Temos orgulho de o ministro ser mineiro", afirma o prefeito.

Mas, Ananias garante, que o orgulho de carregar o título de cidadão juizforano não tem apenas os laços de afeto com a cidade. Ele faz questão de ressaltar a importância cultural de Juiz de Fora no cenário mineiro. "Juiz de Fora é fundamental para o progresso de Minas Gerais porque daqui saíram intelectuais do nível de Pedro Nava e Murilo Mendes que são nomes de peso na literatura nacional", destaca o ministro.

O ministro fica por três dias na região e de Juiz de Fora segue para as cidades de Muriaé, Miradouro e Leopoldina.

*Marinella Souza é estudante de Comunicação Social da UFJF.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.