• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    Segunda-feira, 9 de novembro de 2009, atualizada às 12h

    Projeto Papai Noel dos Correios em Juiz de Fora já contabiliza 400 cartas apadrinhadas

    Pablo Cordeiro
    *Colaboração

    O apadrinhamento de cartas do projeto Papai Noel dos Correios começou nesta segunda-feira, 9 de novembro. O programa consiste em receber cartas de crianças que escrevem ao "Papai Noel", com o objetivo de manter a magia do Natal. Com apenas uma hora de início, o projeto conta com 400 cartas apadrinhadas.

    "Este ano houve uma formatação do programa. Apenas alunos até o quinto ano e com frequência nas aulas podem escrever as cartas, através das próprias escolas, sejam públicas, estaduais ou particulares. Desde setembro, 190 escolas foram instruídas sobre o modo de envio dos pedidos", explica o coordenador administrativo do projeto Marcos Braga.

    Segundo Braga, os pedidos de brinquedos, material escolar e cesta básica são os mais frequentes. "Em 2008, recebemos 12 mil cartas e conseguimos apadrinhar 11.600. Nossa expectativa é de atingir totalmente os pedidos este ano. É impressionante o número de pessoas que ajudam." Empresas também participam da ação.

    Quem quiser adotar uma carta pode procurar os Correios (rua Marechal Deodoro) até dia 18 de dezembro. Não é necessário cadastro e não existe limite para as boas ações. O serviço funciona das 9h às 18h30.

    Voluntariado

    padrinhoPara a estudante Isaura Barbosa Chaves, a oportunidade de realizar o sonho de uma criança é inestimável. "Como digito as cartas, vejo muitos dos pedidos. Fico muito envolvida. Algumas crianças pedem brinquedos e material escolar até para o irmão. Realmente toca o coração." Para voluntários interessados, o serviço emite um certificado no final do período.

    Pela primeira vez no estande, Priscila Vilela (foto ao lado) foi conhecer a iniciativa. "Já havia visto na televisão sobre o projeto e como estava passando perto dos Correios, decidi ajudar. Ainda não escolhi qual carta vou levar, mas espero ajudar alguém. Também vou repassar a iniciativa para os amigos e família."

    *Pablo Cordeiro é estudante do 9º período de Comunicação Social da UFJF

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.