Feira apresenta trabalhos de cerca de 200 mulheres da periferia de Juiz de ForaAs participantes vendem os produtos que aprenderam a fazer em 10 oficinas do projeto Para Mudar o Mundo - Mesas da Cidadania

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
6/5/2011

Produtos em exposição

Uma feira realizada na Praça Antônio Carlos, no Centro de Juiz de Fora, marca o fim de dez oficinas do projeto Para Mudar o Mundo - Mesas da Cidadania, do Instituto Educação e Cidadania (IEC) e da Secretaria de Política para as Mulheres da Presidência da República. Cerca de 200 mulheres da periferia da cidade, de dez bairros, apresentam os trabalhos que aprenderam a fazer durante a ação. O dinheiro arrecadado será revertido para a festa de formatura das turmas.

Segundo a coordenadora do IEC, Fabiana Rabelo, as oficinas foram realizadas em bairros como Vitorino Braga, Dom Bosco, Vale Verde e Benfica. Foram dois meses de aulas, com o intuito de valorizar a autoestima da mulher e gerar a criação de renda. "Foram oficinas de artesanato, bombons e compotas, pintura em MDF, sabão e sabonete, entre outras. Todos os materiais foram gratuitos e as mulheres estão sendo estimuladas a transformar uma dura realidade."

Nos próximos seis meses, vão ser realizadas mais duas feiras, correspondentes a dois ciclos de oficinas do projeto. Segundo a coordenadora, a maioria das participantes integra o programa Bolsa Família do Governo Federal.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.