• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    Sábado, 18 de abril de 2015, atualizada às 12h52

    Amigos de servidor público mobilizam campanha no Facebook para comprar prótese

    Angeliza Lopes
    Repórter
    ajuda

    Mais de 300 amigos mobilizam campanha no Facebook para comprar uma nova prótese ortopédica de membro inferior para Wesley Barbosa, 39 anos. Em um mês já foram arrecadados R$ 4.700,00. Através de uma publicação na página do próprio Wesley na rede social, seus amigos conseguiram reunir mais pessoas para conseguir arrecadar o valor total da perna mecânica, que é de R$ 11.200,00. Servidor público há 16 anos, Wesley nasceu sem os dois braços e uma perna, mas a deficiência nunca foi empecilho para conquistar seus objetivos. Ele se formou em Direito, trabalha no atendimento no Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon-JF) e luta por várias causas ligadas aos direitos para pessoas com necessidades especiais. 

    Engajado em discussões políticas e sociais, Barbosa também foi candidato a vereador em 2012, pelos partidos PDT/PPL. Ele explica que a prótese que usa está inadequada as suas condições, já que perdeu 15 kg em cinco meses, deixando o encaixe da base da perna incorreto. Os custos do aparelho são muito altos, e ele conta que o setor de distribuição gratuita de órtese e prótese pela Secretaria Estadual Saúde de Minas Gerais tem limitações, sendo que a tabela de valores dos aparelhos não são atualizados desde 2008, causando um repasse incorreto para as empresas. "Além disso a prótese acaba vindo com algum problema. A última que fiz para a perna me machuca muito e causa feridas. Parte do material é importado, por isso fica muito caro. O valor real da minha perna mecânica é R$ 15 mil, mas consegui este desconto pela Otto Bock", conta.

    Amigo de Barbosa há 22 anos, o músico Ricardo Cota Do Álamo revela que tem o servidor público como um exemplo de superação. "Um dia vi na página do Facebook do Wesley uma foto da prótese e a frase Sonho de consumo, um dia chego lá, e lendo este post me comovi a ajudá-lo fazendo a campanha de arrecadação. A foto com o texto que montei já tem mais de 700 compartilhamentos". O mesmo post já foi traduzido em francês, alemão, espanhol, inglês e italiano.

    Álamo recorda que mesmo com todas as dificuldades econômicas e da própria deficiência, Wesley nunca foi visto sem um sorriso no rosto. "Sua mãe cuidou dele e de sua irmã mais velha sozinha, na comunidade em que viviam. Ele estudou, tornou-se advogado e passou no concurso público da Prefeitura. Mesmo tendo que passar por diversas cirurgias, ele não deixou se abater e vencer. Tenho um filho de 17 anos que também tem deficiência e sei bem das dificuldades. Não podia deixar de ajudá-lo", completa.

    protesePara ajudar nas arrecadações, também serão feitos dois eventos para angariar fundos para a prótese. O primeiro, que será um almoço, acontece no dia 24 de maio, no bairro Poço Rico, já o outro ainda não tem data definida. As informações serão divulgadas nas redes sociais, conforme explica Ricardo Álamo. As doações podem ser feitas pela conta no Banco do Brasil, agência: 2995-5 - c/c: 36034-1. "As peças já estão separadas e sempre fazemos post de prestação de contas nas redes. Já experimentei o molde da perna. Agradeço a todos pela ajuda", fala Wesley Barbosa.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.