• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Greve dos servidores da UFJF próxima do fim Servidores Públicos Federais podem voltar ao trabalho na próxima quarta-feira

    Priscilla Magalhães
    Repórter
    31/08/2007

    Em assembléia realizada nesta sexta-feira, dia 31 de agosto, os servidores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) discutiram e votaram na segunda proposta de correção da tabela salarial enviada pelo governo. Nela, o piso para a classe A (em 2008) é de R$ 802,76 e o teto para a classe E é de R$ 3.303,51. A tabela foi aprovada em três anos, de 2008 a 2010.

    O coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Juiz de Fora (Sintufejuf), Paulo Dimas de Castro (foto), diz que os servidores não estão satisfeitos. "Esta tabela está bem abaixo da que seria a ideal para nós. Está bem abaixo da nossa proposta inicial".

    Segundo a assessoria do Sintufejuf, esta sexta, 31 de agosto, era o prazo final para os servidores tomarem uma decisão. "Se a gente não aceitasse essa tabela, iríamos correr o risco de ficar sem nenhuma correção. O governo não ia ceder mais. Esta era melhor, pois beneficiava também os aposentados, descartados na primeira", explica Paulo.

    Na primeira proposta enviada pelos servidores a Brasília, a correção ideal seria de três salários mínimos para a categoria A, e dez salários para a categoria E, ambos para o ano de 2008.

    Juntamente com a decisão, o Sindicato enviou para Brasília mais 13 propostas. Entre elas estão a data base antecipada para Janeiro, a abertura de concurso público para todos os cargos e o dimensionamento de cargos, valorizando as responsabilidades de cada um e não somente a formação.

    Todas as universidades em greve enviaram suas propostas para Brasília e a decisão será tomada de acordo com a maioria. Ao todo, são 46 universidades em greve no país. Na próxima terça-feira, 04 de setembro, acontece uma nova assembléia para decidir o texto do acordo de greve. "Devemos voltar na quarta, 5 de setembro, se não aparecer nenhum fato novo, como o o governo recuar e não assinar o acordo, por exemplo", explica o coordenador. Na terça a greve completa cem dias.

    Enquete
    Você acha que os servidores da UFJF terminam a greve?
        Sim
        Não
       

    ATENÇÃO: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de visitantes do Portal ACESSA.com



    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.