• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Segunda-feira, 01 de outubro de 2007, atualizada às 16h30

    Servidores da UFJF vão levantar a questão da abertura de Concurso Público em reunião


    Priscila Magalhães
    Repórter
    Em arquivo:

    Durante a greve dos servidores públicos federais, uma das reivindicações apontadas foi a possível abertura de concurso público para a contratação de mais funcionários para as instituições de ensino. Porém, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Juiz de Fora (Sintufejuf), este ponto não foi definido no acordo de greve.

    "Não existe previsão para que o concurso público aconteça. Nesta terça, 02 de outubro, vamos fazer uma assembléia para fazer o balanço da greve. Após a assembléia, vamos levar o resultado para Brasília, onde a questão dos concursos será discutida", explica o coordenador geral do Sintufejuf, Paulo Dimas.

    Um dos pontos que deve adiar a abertura de concurso público é o plano de ação de reestruturação e expansão das Universidades, o Reuni. De acordo com a assessoria do sindicato, as universidades têm até o dia 29 de outubro para enviar os projetos de expansão. Com isso, o MEC vai ter propostas e vai precisar liberar mais recursos e contratações.

    O coordenador geral do Sintufejuf diz que na próxima quinta-feira, 4 de outubro, vai acontecer uma reunião para discutir o Reuni. "É nesse momento que vamos decidir a posição do sindicato com relação ao programa de expansão. O resultado vai ser levado para a reunião do Conselho Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)", explica Paulo.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.