• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Sexta-feira, 09 de novembro de 2007, atualizada às 15h20

    UFJF espera contratar 241 professores, dos 2,8 mil que devem entrar em 35 universidades públicas de todo país nos próximos anos


    Thiago Werneck
    Repórter

    O Congresso Nacional aprovou o projeto de lei que disponibiliza orçamento para contratação de 2,8 mil professores e cinco mil técnicos administrativos para as universidades de todo Brasil. A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) já enviou o pedido de contratação de 241 professores e 250 técnicos administrativos para instituição.

    O projeto de lei faz parte do plano do governo federal de expansão da universidades públicas do país. A UFJF foi umas das 35 instituições que já enviou projeto de adesão ao programa (Reuni) e, por isso, espera ser contemplada com funcionários que atendam a expectativa da Universidade de abrir mais oito mil vagas nos próximos cinco anos.

    Segundo o Pró-reitor de Planejamento e Gestão, Manoel Palácios , em 2008, a Universidade pede ao Ministério da Educação (MEC) a contratação de 50 professores e 50 técnicos administrativos. "Isto está previsto em nosso projeto de expansão que prevê investimentos para abrir um curso de nutrição e em cursos de ciências tecnológicas e também no setor de artes em 2009", revela.

    Para 2010, a proposta é investir em Ciências Sociais e Humanas e, por isso, no total, a instituição espera a contratação de quase 500 novos funcionários. Depois que o Projeto de Lei for sancionado pelo presidente da República, o Ministério da Educação fará a distribuição de vagas, de acordo com os projeto já enviados pelos reitores. A partir daí, cada universidade lançará seu próprio edital. Nos processos mais rápidos, as novas vagas devem ser preenchidas em cerca de três meses.

    Segundo a assessoria de comunicação do MEC, boa parte dessas quase três mil contratações serão feitas para reposição de professores e funcionários que se aposentaram ou deixaram a rede pública de ensino. Um terço das contratações deve acontecer para formação de novas Universidades públicas, em cidades de grande porte que ainda não têm ensino superior gratuito.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.