Segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008, atualizada às 15h01

Funcionários técnico-administrativos fazem 48 horas de paralisação para pressionar Governo Federal a cumprir acordo



Priscila Magalhães
Repórter

Para cobrar do Governo Federal que o acordo de greve, assinado em setembro do ano passado, seja cumprido, os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) vão fazer uma paralisação nesta terça e quarta-feira, dias 26 e 27 de fevereiro.

"Foi a maneira que encontramos para forçar o governo a cumprir o acordo de greve", diz o coordenador de educação e formação sindical do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFJF (Sintufejuf), Rogério da Silva.

Segundo ele, o prazo para que o governo cumpra todo o acordo é final de março e a proposta surgiu após uma plenária, em Brasília, nos últimos dias 16 e 17. Na ocasião, a categoria, além de definir o calendário, decidiu realizar este movimento em função do clima de insegurança. "Ouvimos dizer que o governo ia fazer corte no orçamento para compensar o fim da CPMF e o ajuste no orçamento deste ano não garante que o acordo seja cumprido", completa ele.

Entre os itens do acordo estão a reestruturação da carreira e a racionalização dos cargos, já que, segundo Rogério, há auxiliares administrativos executando as mesmas funções que os agentes administrativos. Estes últimos estão a uma categoria acima e têm melhores salários.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.