• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 atualizada às 13h

    Jovens de 15 a 17 anos devem fazer cadastro para receber benefício do Programa Bolsa Familia



    Renata Solano
    *Colaboração

    Os adolescentes de 15 a 17 anos de famílias carentes com acompanhamento da freqüência escolar registrado no Sistema da Freqüência Escolar ou àqueles que possuam código Inep válido e atualizado há menos de 12 meses no Cadastro Único podem ser beneficiados pelo Programa Bolsa Família, a partir de março. Segundo a assessoria da Secretaria de Politica Urbana (SPU), não há prazo para as inscrições, pois trata-se de um recadastramento daqueles que já recebiam o benefício.

    Para garantir o acesso ao benefício, a Secretaria de Política Social, que é gestora do programa em Juiz de Fora, está convocando as famílias com membros nesta faixa etária para a atualização do cadastro junto ao órgão.

    O Benefício Variável Jovem (BVJ), no valor de R$ 30, segundo a secretária de Política Social e gestora do programa Bolsa Família, Vanessa Bejani, tem como função oferecer oportunidade para as famílias manterem seus filhos nas escolas.

    Para continuar recebendo o beneficio, depois do cadastro, é preciso que as famílias mantenham matriculados todos os seus adolescentes na escola, e garantam 75% de freqüência escolar deles. "Dessa forma vamos observar um menor grau de evasão e abandono escolar e alcançar um aumento na escolaridade nessa faixa etária", afirma Vanessa.

    Os centros que estão realizando o cadastramento são os seguintes:

    *Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.