Terça-feira, 16 de agosto de 2011, atualizada às 17h30

Mudanças no sistema de ingresso da UFJF são discutidas com rede pública e particular de ensino

Aline Furtado
Repórter
Reunião

Representantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) estiveram reunidos nesta terça-feira, 16 de agosto, com professores e diretores de escolas públicas e privadas da cidade, a fim de debater a respeito das formas de ingresso na instituição.

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Eduardo Magrone, a intenção é estabilizar a forma de ingresso, já que constantes alterações no processo seletivo causam tensão nos alunos em fase de preparação para entrar nos cursos oferecidos pela instituição.

"O ponto principal é a inclusão ou não do Exame Nacional do Ensino Médio [Enem] no processo de seleção, que pode ser rejeitado, usado parcial ou integralmente. Estamos promovendo os debates desde o mês de junho. Esse foi o primeiro encontro com representantes das escolas. As mudanças serão adotadas no vestibular para ingresso em 2013." O calendário prevê novas rodadas de discussão até outubro deste ano, inclusive, incluindo escolas públicas e privadas.

A discussão faz parte de uma série de debates que vêm sendo realizados pela UFJF, que envolvem escolas e departamentos da instituição. A intenção é que a UFJF tenha conhecimento a respeito das demandas das instituições de ensino. "O objetivo é, principalmente, receber sugestões da comunidade, das escolas. Deixar nossos conselheiros [do Conselho Setorial de Graduação (Congrad)] subsidiados para deliberar a respeito do processo seletivo da UFJF."

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.