• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Universidades de Minas Gerais definem utilização do Enem Dez instituições, inclusive a UFJF, já definiram como vão utilizar o exame. O Portal ACESSA.com lista as universidades e as formas de aproveitamento do Enem

    Victor Machado
    *Colaoração
    10/6/2011

    Até o momento, 44 universidades federais confirmaram como vão utilizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011 para ingresso em cursos de graduação. Desse total, dez são de Minas Gerais, inclusive a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). A única dúvida no Estado é a Federal de Itajubá (Unifei). Confira abaixo como o Enem será utilizado nas universidades do Estado.

    Universidades Mineiras
    • UFMG - A Comissão Permanente do Vestibular da UFMG (Copeve) decidiu que o concurso será executado em duas etapas. A primeira, de caráter eliminatório, de inteira responsabilidade do Inep. A segunda, de caráter classificatório, com provas específicas de inteira responsabilidade da UFMG. A pontuação da prova de redação do Enem comporá a nota da segunda etapa.
    • UFJF - Vai substituir a primeira fase do vestibular 2012 pelo Enem 2011. A segunda etapa será no dia 19 e 20 de dezembro. Três cursos terão candidatos selecionados exclusivamente pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu), com 70% das vagas e pelo Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism), 30% das vagas. O vestibular do meio do ano terá provas tradicionais, sem aproveitamento da nota do exame nacional.
    • UFSJ - A universidade utiliza o Enem para compor a nota final da Prova de Conhecimentos Gerais do vestibular do processo seletivo e destina 10% das vagas para o Sisu.
    • UFOP - Decidiu utilizar exclusivamente a nota obtida pelo candidato no Enem. O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) também será utilizado como forma de seleção dos ingressantes nos cursos de graduação presenciais e à distância, com exceção dos cursos de Artes Cênicas e de Música, que utilizam a pontuação do Enem como primeira etapa, e provas de aptidão específica como segunda etapa.
    • UFV - Na instituição, 80% das vagas nos cursos de graduação oferecidos nos três campi - Viçosa, Florestal e Rio Paranaíba – serão preenchidos por intermédio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do MEC. O Sisu utiliza as notas obtidas pelo candidato nas provas do Enem. Os 20% das vagas restantes na UFV serão preenchidos pelos candidatos que participam do Programa de Avaliação Seriada para Ingresso no Ensino Superior (Pases), que já vem sendo utilizado pela Universidade. O Pases é realizado no transcorrer do ensino médio, em três avaliações.
    • UFLA - Para o primeiro semestre de 2012, 60% das vagas serão preenchidas através da nota do Enem (via Sisu) e 40% serão preenchidas pela nota do Pas (Programa de Avaliação Seriada), cujo período de inscrição será de 26 de setembro a 19 de outubro. Para o segundo semestre de 2012, 100% das vagas serão preenchidas exclusivamente pelo Enem (cujo período de inscrição encerra-se em 10 de junho).
    • UFU (Uberlândia) - O candidato deve realizar o Enem 2011 e definir a opção pelo curso dentro do sistema Sisu, no site do Inep. Os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Dança, Design de Interiores, Música, Teatro e Tradução necessitam de aprovação no Enem e na prova de habilidades específicas.
    • Unifal (Alfenas) - O Conselho Universitário da Unifal-MG decidiu pela adesão ao Sisu, com todas as vagas para os cursos de graduação oferecidos para o ano de 2012.
    • UFVJM (Vales do Jequitinhonha e do Mucuri) - O Enem substitui o vestibular tradicional. A instituição vai disponibilizar 50% para todos os cursos presenciais para o Sisu e o restante para os candidatos classificados pelo Programa de Seleção Seriada.
    • UFTM (Triângulo Mineiro) - O vestibular de inverno vai adotar a nota do Enem 2010 na primeira fase, caso seja maior ou igual a prova de Conhecimentos Específicos, num índice de 50% A segunda fase será realizada no dia 19 de junho e ainda não há definição da forma como o Enem será utilizado no processo seletivo 2012.
    • Unifei (Itajubá) – A universidade ainda não definiu se utilizará o Enem no processo seletivo 2012.
    • UEMG – As provas serão tradicionais sem aproveitamento da nota do Enem no Vestibular 2012. As provas gerais acontecem no dia 27 de novembro e haverá prova específica para alguns cursos.
    • Unimontes (Montes Claros) - A universidade não utiliza nota do Enem e o vestibular é realizado no sistema tradicional. A Unimontes disponibilizará para o 2º processo seletivo de 2011, que será realizado neste domingo, 12 de junho, 20% das vagas para afrodescendentes, 20% para candidatos advindos de escola pública, com carência econômica comprovada e 5% para portadores de deficiência e indígenas.
    Sisu

    O número de vagas para a edição do segundo semestre do Sisu deste ano superou em 59% a oferta do segundo semestre de 2010. Ao todo são 26.336 vagas em universidades federais e estaduais e nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Em 2010 foram 16 mil vagas. As vagas são disponibilizadas em 19 universidades, 23 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) e quatro universidades estaduais.

    As inscrições para o segundo semestre deste ano começam na próxima quarta-feira, 15 de junho, e vão até o dia 19. Os estudantes que fizeram o Enem 2010 e obtiveram nota, mesmo que mínima, na redação podem fazer a inscrição. Os candidatos podem fazê-la em ordem de preferência, com até duas opções de cursos. As opções podem ser alteradas durante o período de inscrições, com base na nota de corte divulgada ao fim de cada dia. Valerá a última inscrição. 

    Depois serão feitas duas chamadas e o estudante terá o prazo para efetuar a matrícula na instituição para a qual foi selecionado. A primeira chamada será divulgada no dia 22 de junho e a matrícula dos selecionados está prevista para os dias 27 e 28. No dia 2 de julho, será divulgado o resultado da segunda chamada, com prazo de matrícula de 5 a 6 de julho. Os selecionados na primeira opção, mesmo que não efetuem a matrícula, serão excluídos do processo.

    Debates na UFJF

    O Conselho Setorial de Graduação (Congrad) da UFJF tem realizado reuniões no Instituto de Artes de Design (IAD) para debater a definição do melhor modelo de seleção a ser adotado pela instituição a partir de 2013. O debate serve para proporcionar o primeiro contato com a comunidade acadêmica que dará subsídios para as mudanças e para os critérios do processo de seleção.

    Na primeira reunião, foram apresentados dados históricos dos processos seletivos na universidade e mapas estatísticos de resultados. Entre os temas discutidos estavam Vestibular, Sistema de Cotas com comparativos entre grupos A, B e C, Sisu e Enem. A intenção era apontar a evolução dos processos e os problemas que foram detectados nas avaliações feitas.

    *Victor Machado é estudante do 7º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.