Professores estaduais em protesto ficam acorrentados por dez horasIntenção do ato foi radicalizar o nível de manifestação, como forma de mostrar indignação e revolta, diante da ilegalidade da greve

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
19/9/2011

Foto de professores acorrentados

Professores estaduais em greve promoveram um protesto diferente ao longo desta segunda-feira, 19 de setembro. Um grupo de profissionais acorrentou-se a um poste de iluminação no Calçadão da rua Halfeld por dez horas, a fim de chamar a atenção de quem passava pelo local. "A intenção do ato foi radicalizar o nível da manifestação, como forma de mostrar indignação e revolta, diante da truculência e dos ataques do governo. Estamos em greve há 104 dias e não há avanços na negociação", informa a coordenadora de comunicação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) local, Yara Aquino.

Nesta terça-feira, 20 de setembro, professores e governo reúnem-se para mais uma rodada de negociações. A oferta do Executivo será discutida com a categoria em uma assembleia que ocorrerá na mesma tarde, em Belo Horizonte. Na última sexta-feira, 16, a greve dos professores estaduais foi considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.