Sexta-feira, 15 de maio de 2020, atualizada às 16h58

UFJF adia data do Pism

Da redação

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) divulgou nesta sexta-feira, 15 de maio, a decisão de adiamento das provas do PISM dos módulos I, II e III e informa que está acompanhando atentamente as mudanças nos cenários nacional, regional e local. Tais mudanças indicarão a possibilidade de apresentação e ampla divulgação de novas datas.

A instituição explica que a deliberação considera "a necessidade do isolamento social motivado pela pandemia do novo coronavírus, o agravamento das desigualdades socioeconômicas, o aumento do desemprego e a falta de equidade nos processos educativos em que os estudantes de diferentes redes de ensino estão inseridos".

Enem

A Administração Central da UFJF ainda se posicionou a favor do imediato adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em função da pandemia do novo coronavírus.

"Nossa posição se fundamenta na convicção de que a realização das provas em novembro incorrerá em graves prejuízos para os estudantes do ensino médio e outros candidatos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Neste momento, as enormes desigualdades sociais existentes no país, agravadas pela vulnerabilidade à doença Covid-19 e pelo período de isolamento social, inserem questões imprevistas que não podem ser ignoradas.

O Enem configura-se como uma avaliação que permite aos candidatos vagas no Ensino Superior Público em uma forma de seleção democrática. A UFJF é uma das IFES que utilizam essa avaliação como possibilidade seletiva para ocupação das suas vagas.

A inserção democrática exige um tratamento igualitário aos que sonham entrar em uma universidade pública, gratuita e de qualidade. Assim, a UFJF entende que parte significativa dos e das estudantes que se inscreverem para as provas vivem atualmente dificuldades socioeconômicas, não têm acesso à internet, às tecnologias, o que sinaliza a ampliação das desigualdades e a falta de equidade na busca por uma vaga no ensino superior público, direcionando portanto esta nota".

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.