Bom currículo é o primeiro passo para disputar uma vaga Especialista dá dicas de como preparar um bom currículo e diz que época de contratação nas empresas começa em janeiro

Daniele Gruppi
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão
15/12/2008

Final de ano. As atenções estão voltadas para as festas e viagens. Muitos acreditam que o período não é bom para procurar empregos. Entretanto, a supervisora do Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (Ciee), Thereza Rampinelli, afirma que quem busca uma vaga no mercado de trabalho deve aproveitar para enviar os currículos, pois em janeiro começa a época de contratação nas empresas.

"Em dezembro, as empresas estão em festas ou em férias coletivas. As contratações são feitas em janeiro e fevereiro. Quando as vagas surgirem, aquelas pessoas que enviaram os currículos, já estarão inseridas no banco de dados da corporação."

Para quem está preparando o currículo, Thereza dá algumas dicas. O primeiro passo é começar com os dados pessoais. É importante colocar como forma de contato o telefone e também o e-mail, que o candidato deve olhar com freqüência para não perder informações, como dia da entrevista, enviadas pela empresa.

Não é preciso colocar nome do pai e da mãe e nem o número da identidade. Thereza diz que a pessoa deve deixar claros os objetivos, as habilidades pessoas, experiências profissionais e cursos de qualificação. No item a escolaridade deve-se colocar apenas o último grau. Quem quiser pode acrescentar a instituição onde cursou ou estuda.

Foto de thereza Segundo a supervisora do Ciee, o que conta mesmo no currículo são as experiências e as qualificações profissionais. Quem está disputando a vaga para o primeiro emprego e não tem experiências anteriores, não coloca nada e ressalta as qualificações. Já quem passou por vários cargos não precisa mencionar todos, apenas os três últimos.

É comum as pessoas deixarem nas empresas o currículo com envelope. A supervisora do Ciee afirma que isso é um erro. "Nunca deve estar em um envelope. Deve ser sempre digitado e sem ser xerox."

Ela diz ainda que é preciso evitar erros de português. Usar fontes Times New Roman ou Arial, tamanho 12 ou 14. "Nunca colorido, grifado ou sublinhado." Thereza declara que ao enviar o currículo para uma seleção não é preciso ter vergonha de ligar depois para saber sobre o processo.

Currículo por e-mail e cadastro em sites

Foto de thereza Para Thereza, além de deixar o currículo em mãos nas empresas, os candidatos devem ainda enviá-lo por e-mail. Ela recomenda enviá-lo no corpo da mensagem eletrônica depois de uma carta de apresentação. "Pode acontecer de não ser anexado ou do recrutador não abrir o anexo."

Há empresas que preferem que o candidato cadastre o currículo no site devido à facilidade de armazenamento dos dados e de busca dos perfis adequados para as oportunidades. Segundo a supervisora do Ciee, uma espécie de 'filtro', que utiliza palavras-chaves, possibilita que sejam escolhidos os currículos adequados para as vagas.

Estágios

Thereza afirma que os empresários valorizam os estagiários e que eles são vistos, muitas vezes, como futuros funcionários. "O estagiário já conhece a política da empresa e leva vantagem na seleção para postos de trabalho."

Para ela, já no primeiro período o estudante deve começar a procurar por um estágio. "Vivenciando a prática da profissão, poderá verificar o campo de atuação e se fez a escolha correta. Começa também a ter mais comprometimento com o trabalho."

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.