SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O goleiro Wayne Hennessey, do País de Gales, recebeu o primeiro cartão vermelho da Copa do Mundo do Qatar. O camisa 1 foi imprudente ao sair do gol, atingiu Mehdi Taremi, do Irã, e foi expulso no segundo tempo da partida entre as duas seleções, hoje, no estádio Ahmad Bin Ali.

Aos 38 minutos do segundo tempo, Hennessey saiu do gol para tentar afastar o perigo, mas Taremi foi mais rápido na dividida, tirou a bola, e foi atingido em cheio pelo goleiro galês.

Inicialmente, o árbitro Mario Escobar, da Guatemala, deu cartão amarelo, o que revoltou os jogadores do Irã. Pouco depois, ele foi chamado pelo VAR, assistiu ao lance na beira do campo e mudou de ideia: tirou o cartão amarelo e mostrou o vermelho para Hennessey.

O meia Aaron Ramsey foi o escolhido pelo técnico de Gales, Robert Page, para ser substituído. Ele deu lugar ao goleiro reserva Danny Ward em campo.

Com um jogador a mais, a seleção iraniana pressionou e marcou duas vezes nos acréscimos para vencer por 2 a 0.

Tags:
Catar | Copa 2022 | Copa do Catar | Esportes | futebol | Grupo B | Irã | País de Gales

Wikipédia - Goleiro Wayne Hennessey, do País de Gales recebe primeiro cartão vermelho da Copa