• Assinantes
  • Esporte

    Segunda-feira, 30 de março de 2009, atualizada às 18h30

    Galo Carijó inicia treinamentos para segundo desafio contra a Raposa

    Guilherme Arêas
    Repórter

    O Tupi iniciou na tarde desta segunda-feira, 30 de março, a série de treinamentos, visando ao segundo jogo contra o Cruzeiro pelas quartas-de-final do Campeonato Mineiro, em Juiz de Fora. Inicialmente a Federação Mineira de Futebol havia programado a partida para o domingo, mas Tupi e Cruzeiro pediram a antecipação do jogo, que será disputado no sábado, dia 4 de abril, às 16h10.

    No último final de semana, no dia 28, a equipe juizforana foi derrotada pela Raposa pelo placar de 1 a 0, no Mineirão. A equipe celeste joga em Juiz de Fora com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença, direito conquistado após terminar a primeira rodada com a segunda melhor campanha. O Tupi precisa vencer por no mínimo dois gols de diferença para chegar às semifinais.

    Para a partida em casa, o técnico Léo Condé não vai contar com o meia Léo Salino, além de Marcel e Samuel, suspensos pelo segundo cartão amarelo. O técnico espera os treinamentos durante a semana para avaliar como montar o time sem esses jogadores.

    Mesmo com as baixas, Condé acredita em um resultado positivo do Tupi em casa. "É uma partida para ser jogada com o coração. Sabemos que é difícil jogar contra o Cruzeiro em qualquer lugar. Mas com o apoio da torcida, os jogadores se mobilizam mais e jogam com mais confiança. Esperamos esse mesmo comportamento aqui em Juiz de Fora."

    Vantagem celeste

    O Cruzeiro ampliou a vantagem nas quartas-de-final em um jogo castigado pela chuva, que caiu na capital durante todo o sábado. O Tupi começou recuado, segurando os ataques do adversário. A tática deu certo durante o primeiro tempo e a equipe conseguiu segurar o empate, graças à boa atuação do goleiro Gonçalves. Na segunda etapa, o Cruzeiro precisou de 15 minutos para definir o placar. Kléber cruzou na medida certa para Marquinhos Paraná só ter o trabalho de cabecear para as redes do Tupi.

    Mesmo com a derrota, a equipe juizforana avaliou como positiva a atuação do time. "Não está tudo perdido. Este foi apenas o primeiro jogo. Agora, vamos jogar em casa e o time deve ter personalidade, a mesma que conseguimos mostrar no jogo contra o Cruzeiro", avalia o goleiro Gonçalves, destaque do Carijó.

    A sensação de poderia ter sido pior parece manter o ânimo dos jogadores e da comissão técnica. "Talvez o Cruzeiro tenha invertido o mando de campo achando que já decidiriam a classificação lá em Belo Horizonte. Com esse placar de 1 a 0 conseguimos adiar a decisão para Juiz de Fora", analisa o treinador carijó.

    Ficha técnica da partida

    Tupi x Cruzeiro

    Data: 28 de março 2009

    Local: Mineirão, Belo Horizonte - MG

    Público pagante: 9.882

    Juiz: Paulo Cesar Oliveira

    Cartões: Amarelos - Gérson Magrão e Leonardo Silva (Cruzeiro); Bruno Ramos, Marcel, Leo Salino e Daniel (Tupi)

    Tupi: 1-Gonçalves, 2-Serginho, 3-Reginaldo, 4-Rodrigão, 5-Bruno Ramos, 6-Michel, 7-Marcel (17-Darlan aos 44’2ºT), 8-Leo Salino, 9-Ademilson, 10-Hugo e 11-Daniel (16-Noel aos 9’2ºT)
    Técnico: Léo Condé

    Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan (14-Jancarlos aos 29’2ºT), 3-Leonardo Silva, 4-Thiago Heleno, 5-Fabrício, 6-Gérson Magrão, 7-Marquinhos Paraná, 8-Ramires, 10-Bernardo (15-Henrique aos 36’2ºT), 11-Soares (18-Wellington Paulista, no intervalo) e 30-Kléber
    Técnico: Adilson Batista


    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.