• Assinantes
  • Esporte
    Segunda-feira, 30 de agosto de 2010, atualizada às 16h17

    Condé comanda primeiro treino técnico após volta ao Tupi

    Clecius Campos
    Repórter

    O técnico Leonardo Condé voltou ao Tupi arregaçando as mangas. Já em sua apresentação, ocorrida na tarde desta-segunda-feira, 30 de agosto, o treinador comandou um treino técnico, o último antes do jogo contra o Uberaba, neste sábado, 4 de setembro. A partir da terça-feira, 31, os treinamentos serão destinados ao aperfeiçoamento tático da equipe. Isso porque, Condé quer aproveitar bem o tempo curto até a partida.

    "O treino com bola começa a partir de amanhã [31 de setembro]. Vou imprimir a minha maneira de trabalhar, sem querer fazer loucura. Vou buscar um meio termo, já que alguns jogadores são diferentes e tem características distintas." Parte do elenco é conhecida por Condé. Ele acredita que isso possa facilitar sua readaptação ao time.

    "Com alguns [atletas] já fizemos um trabalho na Série D [do Campeonato Brasileiro] e outros no Campeonato Mineiro. Assisti vídeos das duas últimas partidas, mas só posso dizer que mudanças podem ser feitas depois dessa semana. Com boa vontade dos jogadores, faremos um bom trabalho." A partida contra o Uberaba ocorre no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, a partir das 16h. Antes do jogo, o Carijó sobe ao Municipal para dois treinos técnicos na quarta, 1º, e na quinta, 2.

    Possível volta de Ademilson

    Condé afirma que ainda não pensa em fazer novas contratações para o time. Ele diz que  reforços só chegarão ao clube em caso de grande necessidade. Quando o assunto é a possível volta do atacante Ademilson — que atualmente joga pelo Ipatinga —, Condé age com cautela. "É uma questão a ser tratada pela diretoria do clube. A diretoria quer, eu quero e ele [Ademilson] quer. Mas a vinda depende de contrato, que ele ainda tem com o Ipatinga."

    Decisão contra Madureira pode favorecer Tupi

    Está previsto para a próxima quarta-feira, 1º de setembro, o julgamento da denúncia feita pelo Cene (MS), de que o Madureira (RJ) teria disputado a primeira fase da Série D com um jogador irregular. O Madureira teria usado o jogador Wesley Dionísio Monteiro em três partidas. Caso a irregularidade seja comprovada, o clube pode perder nove pontos, o que colocaria o Cene na segunda colocação do Grupo 8. O Tupi subiria para primeiro.

    Para Condé, a possibilidade de condenação do Madureira é pequena. "Pelo que tenho observado, acho a condenação difícil." Mas assume que o Carijó teria favorecimento, em caso positivo. "Passaríamos a ter vantagem no confronto."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.