Juiz de Fora - MG

Juiz-foranos lamentam a derrota histórica para a Alemanha

Pelas semifinais do Mundial realizado no Brasil, seleção alemã bateu o time da casa por 7 a 1 no Estádio do Mineirão na última terça-feira

Eduardo Maia
Repórter
9/07/2014
Loja

Humilhação. Vergonha. Vexame. As três palavras mais usadas pelos veículos do noticiário nacional para definir a derrota sofrida pelo Brasil contra a Alemanha, no jogo da última terça-feira, 8 de julho, também estão na boca dos juiz-foranos. Conversas tímidas nos cantos das ruas do Centro, o silêncio em comparação com os últimos dias e os rostos desolados são a prova da indignação das pessoas na  manhã desta quarta-feira, 9.

Em menos de trinta minutos do primeiro tempo, a Alemanha marcou cinco gols contra o time anfitrião no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O sexto gol veio aos 23 e o sétimo aos 33 minutos do segundo tempo. Ao final da partida, Oscar marcou o único gol brasileiro, mas já não restava ânimo para a torcida. O placar chama a atenção por ser a maior goleada sofrida pelo Brasil em mundiais.

Jarbas

 Já esperava isso porque não vinha bem desde o início. A questão psicológica piorou mais ainda e mostrou que eles não estavam preparados. A Alemanha, trabalhando há oito anos, mostrou eficiência. Falta de treinamento, falta de entrosamento e a perda do Neymar foram fatores que pioraram a situação do time.  Jarbas Lopes
Comerciante, 59

Franciele

 Foi uma vergonha. A gente já tinha uma ideia de que o Brasil não ia vencer, mas não imaginava que fossem tantos gols. Não digo que a culpa foi só do Felipão ou do goleiro, porque eles não jogaram sozinhos. É hora de refletir e ver o que errou. Jogar dentro de casa e lutar pelo terceiro lugar é uma vergonha  Franciele Aparecida Bonfim
Gari, 24

Tatiane

 Eu achava que o Brasil passaria para a final, mas foi vergonha total. Acho que foi falha dos brasileiros, a falta do Neymar e do Thiago Silva. Se eles tivessem, eu acho que perderiam de menos. No sábado, acho que não tem chance. O Brasil perde novamente  Tatiane Paula Santos
Doméstica, 28

Eliane

 Acho que os jogadores vão levar isso na cabeça pelo resto da vida. Foi uma coisa totalmente apática, cinco gols em 30 minutos! Nem com Camarões, que falavam que era das piores, não aconteceu isso. Foi uma coisa de louco. Agora estão culpando Felipão por ter colocado o Bernard. O time desde o início era meia boca. Faltou entrosamento, parecia que cada um estava jogando isolado. Tava igual uma pelada de campinho de terra. Não tem cabimento  Eliane Freire, comerciante, 47

Manoel

 Estou decepcionado.O futebol brasileiro é uma escola. Ontem a sala de casa cheia e depois aconteceu aquele desastre. Mas tenho certeza que a gente vai dar a volta por cima. Há uma esperança para o jogo de sábado. Se pegar a Argentina, eu creio que vai dar.  Manoel de Figueiredo
Engraxate, 46

Mateus

 Foi um jogo estranho. O Brasil tinha bom preparo físico. Achava que o Brasil fosse ganhar de 1 a 0, mas no primeiro tempo tomou de cinco. Não sei explicar. Depois das quartas de final, se fosse no começo da Copa até dava para entender. Acho que dá para torcer no sábado, mas dava para o Brasil ganhar essa Copa do Mundo.   Mateus Filipe, estudante, 17

O Brasil ainda disputa o terceiro lugar da Copa do Mundo em uma partida neste sábado, 12 de julho, contra o derrotado da partida Argentina x Holanda, nesta quarta. Já a Alemanha disputa a taça no estádio do Maracanã no domingo, 13, contra o vencedor do jogo de hoje. A partida tem início às 16h.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.