Matheus Brum Matheus Brum 30/11/2015

Menino Neymar!

neymarTodo domingo a noite é, de certa forma, angustiante. Afinal de contas, o mundo esportivo é gigantesco, e dentro desse universo, há vários temas que merecem destaque. Por conta dessa dúvida, deixei para escrever essa coluna na segunda-feira, acreditando que, durante o sono, algum "insight" pudesse me revelar o melhor assunto a se abordar. E não é que acertei na escolha?

A FIFA, num dos raros momentos que prestigia o amante da bola, divulgou a lista dos três melhores jogadores do mundo. E entre eles está o jovem, o garoto, menino Neymar! O uso desses adjetivos é uma simples brincadeira com o jogador do Barcelona. Talvez, uma forma de nos lembrar sua ascensão meteórica, que em vários momentos foi duramente criticada. Como não se lembrar dos diversos apelidos maldosos, como: "Cai-cai", "Neymídia", "Crack do Santos", "Robinho 2.0", entre outros. Eu mesmo, várias vezes, duvidei de sua habilidade. Achei que seria apenas mais um na Europa, principalmente quando cometia alguns deslizes, normal da sua idade. Que atire a primeira pedra quem nunca errou aos 18, 19 anos.

O camisa 11 é um daqueles seres iluminados que aparecem de tempos em tempos. É um artista da bola. É aquele que desafia a física do movimento. Que me perdoem Newton e Einstein, mas nenhum de vocês conseguem, através de contas e mais contas, calcular um drible de Neymar. Se o cinema é a sétima arte, sua ginga e firula são, respectivamente, a oitava e nona.

Se a máxima "uma imagem fala mais que mil palavras", essa página do Jornal Marca, da Espanha, deve falar o dicionário Aurélio inteiro. Os números do ex-jogador do Santos são muito bons, para dizer o mínimo, em relação a Messi e Cristiano Ronaldo, aos 23 anos. Pela primeira vez, desde 2008, quando os dois começaram a reinar no futebol mundial, há um concorrente de peso.

neymarMesmo com sua genialidade, as chances de termos um brasileiro como melhor do mundo, feito que não ocorre desde a eleição de Kaká, em 2007, é pequena. Messi fez uma temporada brilhante. Seus números são melhores que os de Neymar. Em 60 jogos, o argentino marcou 57 vezes e distribuiu 23 assistências, contra 44 tentos e 13 passes para gol do brasileiro. Porém, o mundo está acompanhando cada vez mais de perto as "ousadias" do menino de Santos. No tempo em que Messi ficou no estaleiro, quem ditava o ritmo do Barça era Neymar. Não a toa, é o artilheiro do Espanhol nesse momento. Se a premiação não vier nesse ano, com certeza virá ano que vem ou no próximo.

Desde 2008 nos perguntamos: "Quem será capaz de superar Messi e CR7?". Hoje, temos a resposta. Seu nome: menino Neymar.

Outros destaques

- A última rodada do Campeonato Brasileiro promete. Vasco e Coritiba irão fazer a "Batalha do Couto Pereira - Parte 2", para decidir quem fica na Primeira Divisão ano que vem. Vale a pena ficar de olho em Goiás vs São Paulo, Figueirense vs Fluminense e Corinthians vs Avaí, que são jogos que decidirão outros rebaixados à Série B em 2016.

- Fim de temporada na F-1. Na última etapa do ano, Rosberg bate Hamilton e fica com a vitória. Com isso, Hamilton fica com o tricampeonato, com Rosberg em segundo, Vettel em terceiro, Raikkonen em quarto, Bottas em quinto e Massa em sexto. Na sua estreia na categoria, Nasr termina o Mundial de Pilotos na 13ª colocação.


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.

-
Matheus Brum Matheus Brum 30/11/2015

Menino Neymar!

neymarTodo domingo a noite é, de certa forma, angustiante. Afinal de contas, o mundo esportivo é gigantesco, e dentro desse universo, há vários temas que merecem destaque. Por conta dessa dúvida, deixei para escrever essa coluna na segunda-feira, acreditando que, durante o sono, algum "insight" pudesse me revelar o melhor assunto a se abordar. E não é que acertei na escolha?

A FIFA, num dos raros momentos que prestigia o amante da bola, divulgou a lista dos três melhores jogadores do mundo. E entre eles está o jovem, o garoto, menino Neymar! O uso desses adjetivos é uma simples brincadeira com o jogador do Barcelona. Talvez, uma forma de nos lembrar sua ascensão meteórica, que em vários momentos foi duramente criticada. Como não se lembrar dos diversos apelidos maldosos, como: "Cai-cai", "Neymídia", "Crack do Santos", "Robinho 2.0", entre outros. Eu mesmo, várias vezes, duvidei de sua habilidade. Achei que seria apenas mais um na Europa, principalmente quando cometia alguns deslizes, normal da sua idade. Que atire a primeira pedra quem nunca errou aos 18, 19 anos.

O camisa 11 é um daqueles seres iluminados que aparecem de tempos em tempos. É um artista da bola. É aquele que desafia a física do movimento. Que me perdoem Newton e Einstein, mas nenhum de vocês conseguem, através de contas e mais contas, calcular um drible de Neymar. Se o cinema é a sétima arte, sua ginga e firula são, respectivamente, a oitava e nona.

Se a máxima "uma imagem fala mais que mil palavras", essa página do Jornal Marca, da Espanha, deve falar o dicionário Aurélio inteiro. Os números do ex-jogador do Santos são muito bons, para dizer o mínimo, em relação a Messi e Cristiano Ronaldo, aos 23 anos. Pela primeira vez, desde 2008, quando os dois começaram a reinar no futebol mundial, há um concorrente de peso.

neymarMesmo com sua genialidade, as chances de termos um brasileiro como melhor do mundo, feito que não ocorre desde a eleição de Kaká, em 2007, é pequena. Messi fez uma temporada brilhante. Seus números são melhores que os de Neymar. Em 60 jogos, o argentino marcou 57 vezes e distribuiu 23 assistências, contra 44 tentos e 13 passes para gol do brasileiro. Porém, o mundo está acompanhando cada vez mais de perto as "ousadias" do menino de Santos. No tempo em que Messi ficou no estaleiro, quem ditava o ritmo do Barça era Neymar. Não a toa, é o artilheiro do Espanhol nesse momento. Se a premiação não vier nesse ano, com certeza virá ano que vem ou no próximo.

Desde 2008 nos perguntamos: "Quem será capaz de superar Messi e CR7?". Hoje, temos a resposta. Seu nome: menino Neymar.

Outros destaques

- A última rodada do Campeonato Brasileiro promete. Vasco e Coritiba irão fazer a "Batalha do Couto Pereira - Parte 2", para decidir quem fica na Primeira Divisão ano que vem. Vale a pena ficar de olho em Goiás vs São Paulo, Figueirense vs Fluminense e Corinthians vs Avaí, que são jogos que decidirão outros rebaixados à Série B em 2016.

- Fim de temporada na F-1. Na última etapa do ano, Rosberg bate Hamilton e fica com a vitória. Com isso, Hamilton fica com o tricampeonato, com Rosberg em segundo, Vettel em terceiro, Raikkonen em quarto, Bottas em quinto e Massa em sexto. Na sua estreia na categoria, Nasr termina o Mundial de Pilotos na 13ª colocação.


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.

Matheus Brum Matheus Brum 30/11/2015

Menino Neymar!

neymarTodo domingo a noite é, de certa forma, angustiante. Afinal de contas, o mundo esportivo é gigantesco, e dentro desse universo, há vários temas que merecem destaque. Por conta dessa dúvida, deixei para escrever essa coluna na segunda-feira, acreditando que, durante o sono, algum "insight" pudesse me revelar o melhor assunto a se abordar. E não é que acertei na escolha?

A FIFA, num dos raros momentos que prestigia o amante da bola, divulgou a lista dos três melhores jogadores do mundo. E entre eles está o jovem, o garoto, menino Neymar! O uso desses adjetivos é uma simples brincadeira com o jogador do Barcelona. Talvez, uma forma de nos lembrar sua ascensão meteórica, que em vários momentos foi duramente criticada. Como não se lembrar dos diversos apelidos maldosos, como: "Cai-cai", "Neymídia", "Crack do Santos", "Robinho 2.0", entre outros. Eu mesmo, várias vezes, duvidei de sua habilidade. Achei que seria apenas mais um na Europa, principalmente quando cometia alguns deslizes, normal da sua idade. Que atire a primeira pedra quem nunca errou aos 18, 19 anos.

O camisa 11 é um daqueles seres iluminados que aparecem de tempos em tempos. É um artista da bola. É aquele que desafia a física do movimento. Que me perdoem Newton e Einstein, mas nenhum de vocês conseguem, através de contas e mais contas, calcular um drible de Neymar. Se o cinema é a sétima arte, sua ginga e firula são, respectivamente, a oitava e nona.

Se a máxima "uma imagem fala mais que mil palavras", essa página do Jornal Marca, da Espanha, deve falar o dicionário Aurélio inteiro. Os números do ex-jogador do Santos são muito bons, para dizer o mínimo, em relação a Messi e Cristiano Ronaldo, aos 23 anos. Pela primeira vez, desde 2008, quando os dois começaram a reinar no futebol mundial, há um concorrente de peso.

neymarMesmo com sua genialidade, as chances de termos um brasileiro como melhor do mundo, feito que não ocorre desde a eleição de Kaká, em 2007, é pequena. Messi fez uma temporada brilhante. Seus números são melhores que os de Neymar. Em 60 jogos, o argentino marcou 57 vezes e distribuiu 23 assistências, contra 44 tentos e 13 passes para gol do brasileiro. Porém, o mundo está acompanhando cada vez mais de perto as "ousadias" do menino de Santos. No tempo em que Messi ficou no estaleiro, quem ditava o ritmo do Barça era Neymar. Não a toa, é o artilheiro do Espanhol nesse momento. Se a premiação não vier nesse ano, com certeza virá ano que vem ou no próximo.

Desde 2008 nos perguntamos: "Quem será capaz de superar Messi e CR7?". Hoje, temos a resposta. Seu nome: menino Neymar.

Outros destaques

- A última rodada do Campeonato Brasileiro promete. Vasco e Coritiba irão fazer a "Batalha do Couto Pereira - Parte 2", para decidir quem fica na Primeira Divisão ano que vem. Vale a pena ficar de olho em Goiás vs São Paulo, Figueirense vs Fluminense e Corinthians vs Avaí, que são jogos que decidirão outros rebaixados à Série B em 2016.

- Fim de temporada na F-1. Na última etapa do ano, Rosberg bate Hamilton e fica com a vitória. Com isso, Hamilton fica com o tricampeonato, com Rosberg em segundo, Vettel em terceiro, Raikkonen em quarto, Bottas em quinto e Massa em sexto. Na sua estreia na categoria, Nasr termina o Mundial de Pilotos na 13ª colocação.


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.