• Assinantes
  • Autenticação
  • Campeonato Mineiro

    Um guerreiro fora de combate Com terceiro cartão, Leandro Guerreiro sofre por ficar de fora contra Cruzeiro

    Guilherme Oliveira
    Colaboração
    16/03/2006

    Quando o Campeonato Mineiro começou, ele ainda se recuperava da cirurgia de apendicite. Em condições para jogar, teve que esperar e ver do banco a luta pela titularidade entre Allan, Felipe e Renato Santiago. E, quando a oportunidade surgiu, mostrou com gols que podia ser útil ao time. Com o novo técnico ganhou, enfim, a grande chance de começar como titular. Porém, Leandro Guerreiro (foto), artilheiro da equipe na competição, levou o terceiro cartão amarelo contra o América e na batalha mais importante do Galo carijó até o momento, fica fora de combate no Mineirão.

    "Fiz planos para essa partida, ficar de fora realmente é muito ruim" diz Guerreiro indignado. Toda essa insatisfação tem um motivo. Apesar do velho ditado dizer que regras são para serem cumpridas, no caso específico do atacante não é bem assim. Isto porque o terceiro cartão surgiu de uma jogada em que o atacante sofreu pênalti e o juiz além de não marcar, puniu o jogador com cartão por acreditar em simulação. "A primeira coisa que veio à cabeça foi o fato de ficar de fora desse jogo de agora. Os árbitros estão assim, além de não marcarem pênalti ainda te dão cartão amarelo", indigna-se Guerreiro.

    O fato de o jogo ser de vida ou morte inquieta ainda mais o atleta, mas ao mesmo tempo ele tem um conforto, o fato de Tupi e Cruzeiro poderem se encontrar nas finais. É assim que Guerreiro espera encontrar, com a classificação do carijó à segunda fase, motivos para sorrir quando o assunto é o time celeste. "Não vou participar desse jogo, mas na próxima fase vou jogar na hora mais importante, se Deus quiser", torce.

    *Guilherme Oliveira é estudante de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.