• Assinantes
  • Autenticação
  • Campeonato Mineiro

    Jogadores são dispensados em tarde melancólica Jogadores recebem valor da premiação por chegar a semifinal
    e estão liberados para escolher outro clube

    Guilherme Oliveira
    Colaboração
    24/04/2007

    De uma hora para outra o ambiente alegre do estádio Salles de Oliveira se tornou local de uma despedida melancólica. Enquanto os jogadores da equipe júnior treinavam no estádio, os profissionais que levaram o Tupi à quarta colocação no Estadual aguardavam, um por um, o pagamento pela premiação. Eles deixaram o estádio sem rumo certo na carreira. Nas mãos, apenas os pares de chuteira e um adeus sem graça.

    O anúncio da demissão de todos do elenco, escrito em editorial pelo presidente da empresa que gere o Tupi, só ficou no papel. Na tarde desta terça-feira, dia 24 de abril, os jogadores foram liberados para procurar outro clube devido ao término de contrato. O vínculo dos atletas com o Tupi termina no dia 8 de maio. Nesta data, eles vão receber os salários relativos ao mês de abril.

    A dúvida que ficou no ar é que se não houvesse o "motim" dos jogadores antes da partida contra o Cruzeiro, a equipe seria mantida em treinamento para disputa da série C. Segundo o diretor de futebol, Alemão, a liberação já estava prevista. "Como acabou o Campeonato e o contrato deles termina no início de maio, todos estão liberados", diz o dirigente.

    torcida do Tupi Sobre a possível saída da empresa, que gere o Tupi, deixar de apoiar o clube, Alemão destacou que sozinho fica difícil manter o futebol profissional, mas caso surjam novos parceiros, a empresa pode permanecer. Também dessa forma pensa o diretor administrativo do clube, Marcelo Peres. Porém, este alegou que dificilmente os jogadores que disputaram o campeonato atual vão estar no clube na série C. "Se tiver, vai ser muito pouco", contou.

    O jogador Juninho, um dos que não viajaram para Belo Horizonte e que, segundo os dirigentes, teve seu contrato reincidido, na realidade vai ser o único a permanecer como jogador do clube. Isto porque ele tem contrato até 2009 e está ligado à equipe de juniores. O jogador deve ser emprestado para outro time, como conta Marcelo.

    A próxima competição do Tupi é a série C com data prevista para o dia 8 de julho. Para uma boa preparação, o elenco deve ser montado pelo menos 45 dias antes do Campeonato. Ou seja, no final de maio ou início de junho, como afirma Alemão.

    Na premiação paga, os jogadores que não viajaram para Belo Horizonte e nem o atacante Felipe receberam o prêmio. "A premiação não é obrigação contratual. Os salários e todos os nossos deveres estão em dia", alegou Marcelo. Sobre o atacante Felipe, o fato do jogador não ter viajado alegando dores, não convenceu a diretoria.

    *Guilherme Oliveira é estudante de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.