Origami Aprenda a fazer qualquer objeto utilizando a técnica de dobrar papéis coloridos

Priscila Magalhães
Repórter
24/01/2008

O origami é uma técnica oriental, divulgada pelos japoneses. 'Ori' significa dobrar e 'kami' é papel, no japonês. Então, através das dobraduras com o papel, vários animais, objetos e plantas podem ser feitos. A origamista Márcia Benini, diz que o origami é feito sem o uso da tesoura e da cola, usando apenas o diagrama de cada um.

Dessa forma, você só vai precisar de papéis coloridos, do tamanho que quiser o seu bichinho, e muita criatividade. Mas tenha atenção ao tipo de papel usado. Márcia diz que ele não pode ser muito duro e nem muito mole. "O origami pode ser feito com papel de revista em quadrinhos, de propaganda, de embalagens e qualquer outro colorido, que dá um efeito muito bonito", diz.

Ele é muito usado para decoração. "Sempre vemos o origami na decoração de programas de televisão, como novelas, programas infantis e propagandas. É só seguir o diagrama que todo mundo consegue fazer".

Foto de Origami Foto de Origami Foto de Origami

A prática é considerada de grande benefício para o aprendizado das crianças. Segundo a origamista, no período de alfabetização, a criança acaba bloqueando um lado do corpo, aquele que não usa para escrever. "Então, a técnica promove a oxigenação do cérebro dos dois lados, porque utilizamos as duas mãos para fazer as dobraduras. Com isso, vem a prevenção para doenças como o parkinson e o alzeimer".

O origami trabalha a concentração, o raciocínio, a capacidade de trabalhar em grupo, a criatividade e a coordenação motora. Márcia diz que ele é a terapia do belo. "É bom ver quando as pessoas mais deprimidas dão um sorriso quando terminam uma dobradura. Chamo a prática dessa maneira, porque fica tudo tão bonito, que a pessoa ri e fica emocionada", conta.

Foto de Origami Foto de Origami Foto de Origami

Se a técnica fosse mais difundida no Brasil e, principalmente nas escolas, o desempenho dos alunos poderia melhorar muito. Elas teriam, por exemplo, mais segurança nas atividades. "O sentimento de impotência existe em uma criança que não consegue fazer algumas atividades. Então origami trabalha o emocional, porque ela vai conseguir fazer as dobraduras. A criança vai realizar uma atividade brincando", diz.

Além disso, as crianças aprendem a reaproveitar as coisas, como o papel, que não precisa ser novo. "E, colocando a imaginação para funcionar, dá para fazer cartões e presentear os pais e amigos, deixando de comprar pronto".

Foto de Maria Júlia Foto de Suelen Foto de Walquíria

Durante uma oficina de origami, as crianças se surpreenderam quando perceberam que aquele aviãozinho de papel feito em sala de aula, também é origami. Maria Júlia (foto acima à esquerda) tem nove anos e disse que sabe fazer aviãozinho e barquinho. Freqüentou a oficina para aprender outras formas. "Gosto de trabalhos manuais, de fazer dobraduras e colagens. Acho que fazer origami vai estimular a minha criatividade".

Já Suelen Reis Dias (foto acima ao centro) diz que sempre faz dobraduras na escola. "Acho que a oficina vai ajudar a melhorar a minha interpretação das coisas e quero aprender mais coisas engraçadas para fazer", diz a menina de 10 anos. Para Walquíria Paceli (foto acima à direita), de 10 anos, o origami vai ajudar a desenvolver a coordenação motora e a criatividade. "Eu gosto muito de trabalhos manuais", conta.

Foto de Márcia Enquanto isso, a origamista (foto ao lado) comemora o desenvolvimento da prática pelo mundo e seu conhecimento por mais pessoas. "O origami está virando esporte olímpico. A partir das próximas olimpíadas, o aviãozinho já vai estar incluído. São três modalidades de competição: a de maior distância, a de maior tempo no ar e a de maior pirueta". E conta que, no Japão, o origami é matéria didática. "O principal é ter muito capricho com o trabalho e sempre usar a mesa para fazer as dobraduras. Nunca dobre o papel com as mãos suspensas no ar", completa.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.