• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia

    Proteção extra ACESSA.com apresenta mais uma opção em seu serviço antispam, para que os usuários fiquem livres dessa praga virtual

    Ricardo Corrêa
    Repórter

    Eles vieram junto com as maravilhas da internet, para tirar a segurança, o espaço na caixa postal e a paciência do internauta. Os chamados spams, emails indesejados, normalmente de publicidade, invadiram a rede, e sua utilização cresce proporcionalmente à utilização da web pelo mundo.

    Por causa disso, mais do que permitir que o usuário receba os emails, os provedores precisam criar ferramentas que permitam o bloqueio de endereços que possam trazer transtornos e dor de cabeça para seus usuários. É por isso que muitos provedores, principalmente os pagos, utilizam programas e configurações conhecidas como "antispam".

    Os usuários da ACESSA.com já possuíam uma proteção eficiente. Mas agora existe ainda mais uma opção para barrar os emails indesejados. A chamada "proteção extra", soma-se às cinco políticas de barramento (saiba mais) e às listas "branca" e "negra" como nova opção para que o usuário decida o que quer e o que não quer receber em sua caixa postal.

    Atualmente, os usuários já escolhiam uma entre as cinco políticas, que vão de "nenhuma" até "radical". Na primeira, todos os emails são liberados. Na outra, todos são barrados. O sistema de lista branca e negra funciona para excluir emails dos filtros dessas políticas. Os endereços que são colocados na lista branca são liberados sempre. Aqueles que o usuário colocar na lista negra sempre serão barrados antes de chegar à caixa postal.

    A nova política

    A nova política antispam para usuários da ACESSA.com, denominada "Proteção Extra", pode ser ativada a partir da política média. É um recurso à mais, que foi desenvolvido com base no estudo das características dos spams normalmente enviados pela internet.

    De acordo com o gerente de Suporte da ACESSA.com, Henrique Castanon, a "Proteção Extra" funciona pelo sistema conhecido como "greylist". Esse sistema bloqueia qualquer email que não esteja na lista branca. Isso acontece no primeiro envio por parte do remetente. Ele será retido e, na segunda tentativa, será liberado. De acordo com Henrique, servidores bem configurados repetem o envio por várias vezes, até conseguir enviar.

    "Estudos que foram feitos mostram que os spams, normalmente, são enviados de servidores mal configurados. Ou seja, que só tentam enviar uma vez. Então essa forma de bloqueio é bem eficiente nesse caso", explica o gerente de Suporte, que lembra um detalhe importante da utilização dessa política.

    "Como ele faz o bloqueio do primeiro envio, o email só chegará quando o servidor tentar enviar de novo. Se o servidor faz isso de dez em dez minutos, o email demorará dez minutos para chegar", explica Henrique Castanon.

    A opção por receber os emails no tempo normal, ou permitir o atraso para ter mais segurança é do usuário, mas Henrique Castanon dá uma dica:

    "Se o usuário quiser ele pode ativar a proteção extra, mas deve colocar endereços de email que são muito importantes para ele na lista branca. Aí eles serão liberados sem passar por esse filtro, e não irão atrasar", conta.

    As outras políticas já existentes

    Além dessa nova forma de proteção, que o usuário pode escolher se quer ou não utilizar, o antispam da ACESSA.com já trabalha com outras ferramentas. Existem cinco opções de políticas que o internauta conectado pela ACESSA.com pode utilizar, ativando-as através da zona restrita aos assinantes.

    Na opção "Nenhuma", todos os emails que o usuário receber irão para sua caixa postal, sem filtragem. Se o usuário escolher a opção de proteção "Fraca", cerca de 25% dos spams serão bloqueados. Apenas aqueles que, de acordo com regras das listas internacionais, tiverem algum indício de spam é que serão bloqueados. Essa proteção funciona com a detecção de endereços, emails, domínios e expressões comuns e características de spams. Neste caso, tanto a lista branca quando a lista negra serão desativadas.

    Na proteção "Média", 50% dos spams, em média, serão interceptados. Todos os emails que forem enviados de servidores sem nome válido junto aos órgãos competentes de registro são barrados. A lista negra também funciona neste caso. Na política "Forte" o sistema segue o mesmo padrão e 75% dos spams, em média, são bloqueados.

    O usuário pode ainda optar pela opção "Radical". Como o próprio nome já diz, é a mais forte de todas as políticas de barramento. Todos os emails serão bloqueados, a menos que estejam na lista branca. Os que estiverem aí, são liberados, os outros, independente do que sejam, não chegarão à caixa postal.

    Se os spams são muitos, hoje na internet, as opções para barrá-los, para os clientes da ACESSA.com, também. Basta escolher a que melhor se adapta ao que você pretende. Para ativar as proteções é só ir até a Área de Assinantes e clicar na opção "Antispam", abaixo, à direita.


    Se você é usuário ACESSA.com e tem outras dúvidas sobre este assunto, envie um email para suporte@acessa.com ou entre em contato pelo telefone: 2101-2000, todos os dias, inclusive sábados, domingos e feriados no horário de 8h às 0h.


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.