• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Aquecedor de ambientes Mais modernos e arrojados, aquecedores surgem econômicos e acessíveis ao bolso do consumidor

    Renata Cristina
    Repórter
    04/06/2007

    Casa aconchegante é aquela quentinha, preparada para o inverno. No entanto, muitas famílias se questionam na hora de comprar um aquecedor elétrico, contando com o aumento da conta de luz.

    Ao contrário daquela época em que aquecedor de ambientes era sinônimo de altas taxas no final do mês, o mercado se especializa em aparelhos cada vez mais econômicos.

    Há cinco anos, quem adquiria um item destes tinha que estar disposto a gastar no mínimo 2.200 watts de potência. Atualmente, é possível associar eficácia à 1.200 watts ou até 800 watts. Comparando com o chuveiro elétrico, que, em geral, usa uma resistência de 4.500 watts, você pode ter uma idéia melhor da modernização deste eletrodoméstico.

    "Usando todos os dias, por aproximadamente 15 minutos, uma família terá um aumento de 15% a 20% em sua conta de luz. Para os dias de inverno, vale muito a pena", avalia Walter Chagas, supervisor de uma loja de eltrônicos.

    Hora de escolher

    O mercado oferece vários modelos de aquecedores elétricos. É importante ficar atento às suas necessidades, pois muitas vezes o mais barato nas lojas, sai mais caro dentro de casa. Os aparelhos com resistência metálica custam em média R$ 100, porém, na maioria das vezes, consomem mais energia elétrica, pois utilizam toda a potência disponível, mesmo com o local já aquecido.

    A tecnologia permite que os aparelhos com lâmpadas de quartzo aqueçam rapidamente os ambientes e mantenham a temperatura com apenas 1/3 do consumo. Para isso, você deve estar disposto a gastar em média R$ 140 a R$ 200. Este exemplar da foto abaixo possui 1.200 watts de potência e trabalha com três lâmpadas. Com apenas um botão, você pode controlar quantas devem ficar acessas. Seu tempo médio de aquecimento é de 15 minutos para uma área de 40 metros quadrados.

    Aquecedor elétrico Todas as lâmpadas acesas
    Aquecedor elétrico Somente uma lâmpada acesa


    Há modelos menores, que ocupam menos espaço dentro de casa e são mais fáceis de transportar, embora a maioria deles seja bem leve. Este da foto à esquerda tem 1500 watts de potência e, quando solicitada somente a manutenção da temperatura, chega a 75 watts. O consumo de energia previsto pela fabricante é de 1,50 Kw/hora.

    Aquecedor elétrico Aquecedor elétrico Aquecedor elétrico

    Já este do centro, tem duas funções: é ventilador e aquecedor. Pode ser uma boa pedida para todos os dias do ano. Contudo, ele utiliza resistência elétrica para 2000 watts de potência. O aparelho à direita oferece três opções de temperatura, tem alça para o transporte e luz indicadora de funcionamento.

    Cuidados dentro de casa

    Os aquecedores elétricos não oferecem grandes riscos dentro de casa. "As famílias devem ficar atentas aos locais indicados de uso, em geral, são as salas e quartos, e podem consultar o manual de instrução, no caso de alguma dúvida", esclarece Walter Chagas.

    Para quem possui crianças, são indicados os aquecedores com dispositivo automático para desligamento. É só dar um puxão ou tombar o aparelho para fazer o teste do "liga-desliga". A tecnologia permite que, em situações instáveis, como por exemplo, o puxão de uma criança, a energia desarme.

    Quanto à umidade, ela realmente fica reduzida quando ligamos um aquecedor dentro de casa. O cuidado deve ser redobrado com as plantas. Deixe-as longe de aquecedores e ar-condicionados. Se for preciso, coloque um recipiente com água, no momento em que ligar o aparelho, para umidecer o ar.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.