Você perdoa uma traição? Algumas mulheres ainda perdoam a traição masculina, mesmo que a relação não continue a mesma depois da descoberta

Marinella Souza
*Colaboração
22/10/2007

O universo feminino é mesmo muito complicado. E, na maioria das vezes, surpreendente. Moderna, bem resolvida, bem-sucedida profissionalmente, a mulher do século XXI ainda aceita a traição. Baseadas em motivos diversos, a maioria das entrevistadas pelo portal ACESSA.com revelam perdoar a traição, embora admitam que o relacionamento nunca volta a ser o mesmo.

A comerciante Michele Damasceno conta que já perdoou a traição do namorado. "Eu perdoei porque já tinha passado muito tempo da traição quando eu descobri, mas agora desconfio de tudo", ressalta.

Segundo a psicóloga Ana Stuart (no vídeo), a explicação para essa aceitação da traição por parte das mulheres se deve ao fato de que, com a emancipação, as mulheres estão entendendo melhor os homens. "Antigamente as mulheres eram muito presas, hoje, como elas têm contato com mais pessoas, sabem que as tentações são grandes e também vislumbram a possibilidade da traição".

O discurso da promotora de vendas Rosani Silva corrobora a tese da psicóloga. Segundo Rosani, o mundo que a gente vive nos leva a aceitar a traição porque todos estamos suscetíveis ao erro. A moça acredita que perdoaria uma traição porque todo ser humano erra e aprende com o erro." Mas pondera, "depende muito da situação"

A amiga de Rosani, Ana Paula Teixeira, discorda. Aos 21 anos, ela garante que não perdoaria, porque "quem trai não merece perdão". Mas a moça não descarta por completo a possibilidade de perdão. "Até esse minuto eu não perdoaria, mas não sei...".

Ana afirma que, muitas vezes, a competição estimula a paixão e hoje a traição é encarada como uma forma de complementar a relação. Segundo a psicóloga, muitas mulheres percebem uma melhora no relacionamento, suspeitam de uma traição, mas nem procuram averigüar, aproveitam a fase de melhora. "Elas só querem descobrir quando há piora ou quando afeta o financeiro".

A psicóloga ressalta, ainda, que nem sempre a pessoa que trai está querendo sair de casa nem acabar com o relacionamento. Para muitos, essa atitude reflete uma enorme vontade de manter a família que a modernidade acabou por desfazer. "Às vezes, o indivíduo está sentindo falta da algo no relacionamento e encontra esse 'algo' em outra pessoa, mas não tem a menor pretensão de desfazer o seu relacionamento sólido".

Foto Roseli matheus Roseli Souza Matheus diz que é preciso perdoar. "O ódio não leva a nada". Ela afirma que nunca foi traída, mas garante que perdoaria, embora saiba que a confiança nunca mais será a mesma. Sônia Mara de Oliveira tem a mesma opinião. "Perdôo, fazer o quê? Tem que perdoar 70x7. A confiança ficou abalada, mas eu fiquei com pena". Casada há 21 anos, Mara admite que o amor ficou um pouco abalado, mas que não vale a pena terminar com o casamento.

Para Ana Stuart, atitudes como a de Roseli e Mara são cada vez mais comuns porque estamos vivendo uma fase de retorno aos padrões."A tendência atual é as pessoas quererem manter o núcleo familiar. Quem nunca teve esse núcleo,quer ter e quem já teve e perdeu, busca resgatá-lo porque ninguém quer ficar sozinho."

Mas com a comerciante Renata de Oliveira a conversa é diferente. Para ela, traição não tem perdão porque sinaliza que o relacionamento não vai bem. "Quando há amor a pessoa não trai", diz categórica a moça de 26 anos que não entende como algumas mulheres são capazes de perdoar.

Foto Renata Oliveira Renata nunca se viu diante da situação concreta da traição, mas jura que não perdoaria. "O relacionamento nunca volta ser o mesmo", diz. Na sua vida, atualmente, a teoria de que a mulher passa por cima da traição para manter o relacionamento não tem espaço.

A verdade é que toda mulher quer ser feliz - algumas a qualquer custo - e a solidão assusta tanto hoje como no passado. A experiência da família diluída começa a mostrar seus sinais de cansaço e as mulheres são as primeiras a admitirem essa falência. Elas batalham pelo seu lar com a mesma garra que batalharam por seu espaço na sociedade, provando que há como equilibrar bom desempenho profissional com uma família bem estruturada e feliz. Nem que para isso, tenha que passar por cima de paradigmas e aceitar melhor a falha humana.

Enquente
Você perdoa uma traição?
      Sim
      Depende do caso
      Não
   

ATENÇÃO: o resultado desta enquete nã o tem valor de amostragem
científica e se refere apenas a um grupo de visitantes do Portal ACESSA.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.