JF movimentada com a Fecomins Cerca de 90 empresas envolvidas e a expectativa de 40 mil pessoas no primeiro evento do Expominas

Sílvia Zoche
Repórter
25/10/2006
O presidente da Associação Comercial de Juiz de Fora, Nuno Alves Martin, fala sobre a primeira edição da mostra na cidade. Assista.

Entrevista em vídeo com o presidente da Associação Comercial de Juiz de Fora, 
Nuno .


Foto da fachada do Expominas Juiz de Fora, local onde vai acontecer 
a Fecomins Uma nova feira será inaugurada no dia 26 de outubro (quinta) em Juiz de Fora, com fogos de artifício, discursos e cerca de 90 empresas envolvidas com comércio, indústria ou serviços.

Na primeira edição da Feira do Comércio, Indústria e Serviços da Zona da Mata Mineira (Fecomins) devem circular cerca de 40 mil pessoas, durante os quatro dias, de acordo com o presidente da Associação Comercial de Juiz de Fora, Nuno Alves Martins.

Além disso, a mostra é o primeiro evento do Expominas Juiz de Fora, inaugurado dia 28 de junho deste ano. A Fecomins foi pensada desde novembro de 2005 com o objetivo de comemorar os 110 anos da Associação Comercial e estrear o espaço do Expominas. "Alguém tinha que dar o primeiro passo", argumenta Nuno.

Mesmo sem experiência em grandes eventos, como diz Nuno, a Associação resolveu encarar o desafio e promete deixar tudo pronto para os empresários organizarem seus stands na véspera da abertura da Feira. "Vai ser um espaço de cinco mil m²", explica.

Foto de um dos responsáveis pela assessoria do evento e da Associação, Ivan Elias, 
em entrevista à ACESSA.com na Associação Comercial de JF Segundo um dos responsáveis pela assessoria do evento e da Associação, Ivan Elias (foto ao lado), foi um desafio fazer o marketing de uma mostra que ninguém conhecia, justamente por ser a primeira. "O que ajudou muito foi o site montado para o Fecomins. Isso deu credibilidade ao evento. As pessoas viram que é uma coisa séria", conta. Com a divulgação e a medida que o evento se aproxima, a procura pela compra dos stands aumenta. "É típico do brasileiro", comenta Nuno.

A Fecomins, segundo Nuno, é uma maneira das empresas mostrarem seus produtos, fazerem contatos com novos clientes, para resultarem em futuras vendas.

Foto do presidente da Associação Comercial, Nuno Alves Martins, 
em entrevista à ACESSA.com na Associação "São empresas voltadas para o comércio, indústria e prestação de serviços, como shoppings, faculdades, sindicatos de Moda de São João Nepomuceno, Muriaé. A Cemig, a Cataguases-Leopolidina, a Belgo, a Votorantim são algumas delas", exemplifica o presidente da Associação Comercial (foto ao lado).

Outras cidades que participam em stands no Fecomins vêm de Leopoldina, Santos Dumont, Lima Duarte e Andrelândia, em Minas Gerais. De outros estados, há empresas de São Paulo/SP e Levy Gasparian/RJ.

Para saber a opinião dos expositores da mostra, serão distribuídos questionários. "Queremos ter uma noção do que eles acharam do Fecomins, o que precisa ser melhorado", diz Nuno. Segundo o presidente da Associação, a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) já fechou dois negócios e 11 estão em andamento.

Comunicação

"Hoje, o mundo vive em função da internet pra tudo, recados, negócios, comunicação... Sem internet o evento não seria viável", diz Nuno. Por isso, a Associação Comercial de Juiz de Fora contratou o acesso à internet com tecnologia wi-fi da ACESSA.com.

Qualquer dispositivo móvel com tecnologia wi-fi, padrão (802.11 b e g), que chega a uma velocidade de 54 Mbps, terá acesso à internet na área da mostra, com comodidade e sem necessidade de fios conectados, possibilitando a mobilidade em qualquer ambiente do evento.

Logomarca do Wi-fi ACESSA.com A rede de hotspots wi-fi é um serviço pioneiro lançado pela ACESSA.com e que pôde ser observado na II Mostra da UFJF. Além do dispositivo móvel adequado, o usuário vai precisar de uma identificação e senha, que serão distribuídos pela Associação Comercial de Juiz de Fora.

Segundo o diretor geral da ACESSA.com, Marcio Faria, dois técnicos estarão presentes no evento para garantir o sinal de internet o tempo todo.

Ingressos

A entrada na Fecomins é franca, mas só pode ter acesso ao evento com crachá. Nuno aconselha as pessoas preencherem um formulário na própria Associação Comercial (Praça Dr. João Penido, 52), para receber um crachá. "As pessoas podem fazer o crachá no dia, mas fazer antes é melhor, porque agiliza a entrada".

Data e hora
A Fecomins acontece entre os dias 26 e 29 de outubro (quinta a domingo). De quinta a sábado, de 14h às 22h, e no domingo, de 12h às 20h. Mas informações pelo telefone (32) 3215-2123 ou pelo site www.fecomins.com.
Esquema especial de trânsito

Para os quatro dias de evento, foi montado um esquema especial de transporte. Os ônibus deixam os passageiros no Expominas, depois descem no sentido Avenida Brasil e voltam à Avenida Independência.

Linhas:
570 e 770

Letreiro:
EXPOMINAS

Itinerário:
Avenida Barão do Rio Branco (ponto em frente ao antigo Cine Veneza), Avenida Independência, Avenida Paulo Japiassu Coelho, Avenida Deusdedith Salgado, BR 040, EXPOMINAS, BR 040, Avenida Juscelino Kubitschek, Viaduto, Rua Henrique Burnier, Rua Coronel Vidal, Rua Tereza Cristina, Avenida Brasil, Avenida Barão do Rio Branco

Horários:

  • Quinta e sexta-feira, de 30 em 30 minutos, de 12h às 23h
  • Sábado, de 15 em 15 minutos de 12h às 23h
  • Domingo, de 15 em 15 minutos de 10h às 21h
Os ônibus vão circular e parar em todos os pontos

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.