Sexta-feira, dia 16 de janeiro de 2009, às 18h40

Imobiliárias esperam incremento de 20% na procura por aluguéis com o resultado dos vestibulares. Para corretores, procura é maior que oferta

Priscila Magalhães
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão

O presidente da Associação Juizforana das Administradoras de Imóveis de Juiz de Fora, Antônio Dias, espera que o incremento na procura por imóveis para alugar seja de 20% já em fevereiro. O aumento ocorre em função do resultado dos vestibulares, tanto de faculdades particulares quanto da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

O aumento do número de vagas na instituição federal para 2009 deve dificultar as buscas. Segundo Antônio Dias, há imóveis para atender a demanda, entretanto a procura acaba se tornando maior do que a oferta por causa da dificuldade em encontrar apartamentos que atendam às necessidades dos locatários. "Tem para todo mundo, mas não é fácil encontrar. É preciso procurar bastante."

O delegado do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci-JF), Rogério Nunes, faz coro. "Há imóveis suficientes para alugar, mas vai depender do que as pessoas estão procurando, levando em consideração a localização, o preço e a qualidade." A dificuldade se torna maior quando a procura é por kitnet, quarto e sala e dois quartos. "Estes são os mais procurados", comenta Rogério.

Sobre a qualidade dos imóveis disponíveis para locação, os profissionais dizem que os apartamentos mais antigos predominam, mas estão em boas condições e em prédios bons. Entretanto, o proprietário de uma imobiliária no centro, Washington Frade Pires, observa que o número de imóveis novos para alugar está aumentando. "Antes, os proprietários se mudavam e, para não vender, colocavam para alugar. Hoje, as pessoas estão comprando imóveis novos exclusivamente para isso."

Outra observação importante é o fato de a maioria dos imóveis de Juiz de Fora não oferecer um diferencial para os locatários. "Quem vem de fora procura armário embutido e não encontra. Quanto mais completo estiver, com box e armários, mais rápido consegue alugar.

Uma dificuldade que os estudantes podem encontrar na hora da locação é com relação ao contrato, que deve ser assinado pelos pais ou responsáveis. As imobiliárias também pedem fiadores. Em alguns casos, eles podem ser substituídos por depósito caução ou pelo seguro-fiança, quando o locatário paga uma seguradora para ser o fiador.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.