Quarta-feira, 16 de setembro de 2009, atualizada às 11h

Comércio abre mais de mil vagas para contratações temporárias. Efetivações podem atingir 30%.

Pablo Cordeiro
*Colaboração

O final de ano é a época mais mais aquecida para o comércio, seja pelo 13º salário ou pela comemoração do Dia das Crianças e do Natal. Em Juiz de Fora, serão abertas cerca de 1350 vagas de trabalho temporárias para o período. Segundo pesquisa do Sindicato do Comércio local (Sindicomércio), 150 vagas serão para o dia das Crianças e 1200 para as festividades natalinas.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Vandir Domingos, aponta o mês de outubro como o início dos preparativos para o período. "A expectativa é maior do que no ano passado, quando foram abertas 1200 vagas. Esperamos um aumento de 20% nas vagas de trabalho oferecidas. Este ano, os comerciantes estão se preparando para vender muito", ressalta Domingos.

Oportunidade

Para muitos, a vaga temporária é uma ótima oportunidade para contratação permanente. Segundo o presidente do Sindicomércio, Emerson Beloti, a expectativa de efetivação é maior do que em 2008.  “Ano passado não tivemos um bom índice, pois a crise financeira atingiu o setor em janeiro. Porém, este ano, nossa expectativa gira em torno de 30%, ou seja, 400 efetivações." Já o presidente da CDL acredita que o número será mais baixo. A expectativa é de que 15% das contratações momentâneas se tornem estáveis.

Para os lojistas, o entusiasmo não poderia ser maior. "Nossa expectativa é positiva. Esperamos aumentar as vendas em 30%. A partir de novembro, a procura por presentes de Natal movimenta o comércio", pontua a gerente de uma loja de vestuário, Marcela Garcia. No estabelecimento, currículos de vendedores temporários estão sendo aceitos e Marcela destaca que está é uma ótima oportunidade para os interessados no comércio, pois no ano passado, dois temporários se tornaram permanentes.

A gerente de outra loja de vestuário, Dulce Marques, também está satisfeita com o aumento das vendas e indica que já em setembro a procura por presentes começou. "Estamos otimistas. Esperamos um aumento de 40% nas vendas. O forte do Natal é a segunda quinzena de novembro, quando as pessoas começam a receber o 13º salário." A vendedora Michele Cristina aponta como causa para essa melhora de vendas as promoções e as novidades. "Desde o final de agosto recebemos novas coleções. E logo colocamos promoções e descontos para chamar a atenção", conta a lojista de uma loja de acessórios.

promocao
Não perca a chance

O responsável pelo Recursos Humanos de uma empresa de informática, Alexandre Reis Leal, afirma que a oportunidade, se bem trabalhada, pode se tornar um emprego permanente. "Os trabalhadores têm que sugar o máximo do trabalho, aprender o quanto puderem. A organização, pontualidade e o tratamento com o cliente são os maiores diferenciais nesta ocasião."

Outra importante dica é a espontaneidade na comunicação com os empregadores. "O carisma e o jogo de cintura são essenciais nesta hora. Às vezes falar demais não indica descontração e sim, ansiedade. Portanto, falar apenas o necessário é um ponto a favor do interessado na vaga", conclui Leal.

 

*Pablo Cordeiro é estudante do 9º período de Comunicação Social da UFJF

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.