• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Segunda-feira, 19 de maio de 2014, atualizada às 17h26

    Feirão da Casa Própria oferecerá quatro mil imóveis em Juiz de Fora

    Eduardo Maia
    Repórter
    Feirão

    Mais de quatro mil imóveis serão apresentados por construtoras, incorporadoras e imobiliárias no Salão do Imóvel e 10º Feirão da Casa Própria da Caixa. O evento ocorre nos dias 24 e 25 de maio, das 9 às 17h, no La Rocca Centro de Eventos. De acordo com os organizadores, a expectativa é movimentar cerca de R$ 85 milhões em negócios nos dois dias. O valor é 20% maior do que o ano passado, quando a feira teve um retorno de R$ 70 mil.

    De acordo com o diretor da Partner Produções, empresa organizadora do evento, Emerson Laender, o evento concentra as melhores opções no ramo da construção civil. "Temos uma média de 43 empresas oferecendo melhores condições e menores taxas. São mais de quatro mil imóveis, com preços que variam entre R$ 99 mil e R$ 1 milhão", revela.

    Laender explica que o feirão oferece ao consumidor a oportunidade de agilizar a compra do imóvel, dada a comodidade e facilidade de se comparar preços e condições de pagamentos de diferentes empreendimentos imobiliários. "O processo de compra de um imóvel pode ser muito desgastante e demorado. No processo normal, a pessoa gasta muito tempo indo às imobiliárias. No feirão, a pessoa terá contato com dezenas de construtoras, dezenas de imóveis diferentes e fazer a comparação de preços e das características de cada empreendimento. Isso faz com que ele encontre um imóvel em muito menos tempo", destaca.

    Opções de financiamento

    Interessados em adquirir um imóvel poderão utilizar dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) para financiá-lo.

    O gerente regional da construção civil da Caixa, Fábio Solano, explica que "para usar os recursos do FGTS, a pessoa deve morar ou trabalhar há mais de um ano no local onde deseja comprar o imóvel, que deve ser utilizado para moradia própria. Além disso, ele deve ser avaliado em até R$ 145 mil. Pelo FGTS, o consumidor pode financiar até 90% do valor do imóvel em até 360 meses. As taxas para este financiamento são de 4,5% ao ano", explica.

    Já pelo SBPE, o financiamento pode ser utilizado para imóveis de qualquer valor. "Este sistema possibilita comprar imóveis tanto na planta, quanto já prontos, novos ou usados. Ele financia até 100% do valor, num prazo de até 420 meses. A taxa de juros é de 8% ao ano."

    De acordo com Solano, a Caixa terá uma equipe à disposição no local para atender aos interessados no financiamento, inclusive com a análise de crédito e simulação do financiamento. "A pessoa terá a vantagem de fazer o processo da compra todo num lugar só", diz.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.