• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Sábado, 5 de julho de 2014, atualizada às 08h44

    Minas Láctea é cancelado. Evento será bienal

    minas

    O Minas Láctea, que iria ocorre no mês de novembro, foi adiado para julho de 2015. A decisão ocorreu durante reunião na sede da EPAMIG, na última quarta-feira, 2 de julho, na presença da diretoria executiva da empresa e de representantes do empresariado expositor.

    Segundo a assessoria da empresa, "baseada na vontade, expressa por votação, da grande maioria dos expositores, o evento passará também a ser bienal. O período de julho, a cidade de Juiz de Fora e o Expominas Juiz de Fora devem ser mantidos como época e local para sua realização.

    Em maio a EPAMIG manifestou a possibilidade de adiamento do evento em função de três motivos: Copa do Mundo, o período eleitoral e a inviabilidade de parceria com iniciativa privada. A EPAMIG buscou um parceiro privado para operar a feira, uma vez que considera o modelo de concessão o mais adequado para assegurar agilidade e qualidade à logística do Minas Láctea e também para que os pesquisadores e acadêmicos foquem na troca de conhecimento tecnológico. Infelizmente a licitação não foi bem sucedida, nenhuma das empresas atendeu os requisitos técnicos pedidos. Esse processo foi concluído no primeiro semestre deste ano, já muito próximo à data do evento, o que inviabilizou sua preparação e realização.

    Em decorrência desse possível adiamento e de um posicionamento contrário de parte dos expositores, a EPAMIG propôs o diálogo convidando todas as empresas expositoras para uma reunião. A partir de então, atendendo ao empresariado, foram dadas as novas diretrizes para o evento.

    A EPAMIG considera que a decisão tomada em amplo diálogo com as empresas promotoras da feira será a melhor opção para garantir o habitual sucesso do evento.

    Com informações da Assessoria

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.