Comércio aposta nas vendas de última hora para salvar Dia dos Pais

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
7/08/2015

Após um movimento considerado muito fraco no mês de julho, os comerciantes de Juiz de Fora apostavam no Dia dos Pais como uma data que poderia "salvar" as vendas do setor em agosto. Apesar de notar um ligeiro aumento no movimento nos últimos dias, a expectativa ainda é pelas vendas de véspera. ""Em relação ao ano passado, está meio morno. Mas em comparação aos últimos dias do mês, está sendo legal. Hoje e amanhã a gente espera que seja muito bom", explica a proprietária da Fatalité, Katherine Sousa Pedreira.

Atuando há 40 anos como vendedor em três lojas de moda masculina, Paulo Roberto de Sousa (foto ao lado) revela que também houve queda. "Apesar da queda em relação ao ano passado, o movimento ainda é bom devido à promoção que fizemos no inverno. Fora isso, a baixa seria maior ainda. Temos mercadoria com até 50% de diferença. A promoção tem que ser feita na estação certa, e por isso reagiu nosso movimento. Movimento vai ter, mas o giro de mercadoria não vai ser igual ao ano passado. As pessoas optam por presentes em torno de R$ 40, R$ 50... A procura pelo mais caro, é por quem vai usar", revela.

 

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.